Ordem de facção para executar ex-jogador partiu de dentro de presídio

Ordem de facção para executar ex-jogador partiu de dentro de presídio

Ronny Benedito de Lima foi morto no dia 9 de junho no bairro Novo Terceiro, em Cuiabá.

Quatro pessoas acusadas pelo homicídio de um ex-jogador de futebol tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Civil, em inquérito policial da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP). Na quarta-feira (21), tiveram mandados cumpridos Jackson de Souza Lopes, Wilson Remerson Xavier Ferreira e Anderson Couto de Araújo. O quarto teve a ordem judicial cumprida na sexta-feira (17) passada, sendo ele Mateus Júnior Xavier da Silva.

A investigação e ação de cumprimento dos mandados contaram com apoio do Sistema Penitenciário. Anderson Couto de Araújo é presidiário da Penitenciária Central do Estado, local que foi notificado do mandado de prisão.

Todos são investigados no assassinato de Ronny Benedito de Lima, 45 anos, ocorrido no dia 9 de junho de 2019, no bairro Novo Terceiro, em Cuiabá. A vítima foi atingida por disparo de arma de fogo e seu corpo foi encontrado caído em via pública todo ensaguentado, porém, ainda com vida.

Próximo ao corpo foi localizado três estojos de munições deflagrados e dois projeteis de arma de fogo. A vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada ao Pronto-Socorro de Cuiabá, onde não resistiu ao ferimento e morreu.

Na investigação, presidida pelo delegado Fausto Freitas, foi apurado que a vítima sofria de doença mental e, inclusive, tinha sido internada por alguns dias, conforme informações dos familiares.

Devido a essa doença, a vítima costumava sair na rua pelada e os moradores começaram achar que ele estaria tentando cometer estupro.

Por essa questão, criminosos da localidade relataram a situação ao comando de uma facção criminosa, que determinou sua morte. A autorização foi repassada por Anderson que é uma das lideranças da facção, e está preso na Penitenciária Central do Estado, onde foi notificado do mandado de prisão.

Os disparos foram efetuados por Wilson junto com um terceiro, ainda não identificado. A arma teria sido fornecida por Jackson. Quanto ao envolvimento de Matheus, a Polícia Civil ainda está delimitando sua participação.

 Os mandados de prisões temporárias (30 dias), mas podem ser prorrogadas por igual período ou convertidas em prisão preventiva.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

MAX DISPUTARÁ SENADO COM SUPLENTE DE RONDONÓPOLIS

O deputado estadual Max Russi (PSB), deverá ser o nome de consenso entre seus pares na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), para disputar a vaga em aberto no senado.

Polícia 0 Comentários

Homem invade posto de combustível ‘para não ser morto em ritual de magia negra’

Um homem de 49 anos, identificado pelas iniciais N.B.C., foi preso após invadir um posto de combustíveis durante madrugada desta terça-feira (12) no bairro Jardim Primavera, em Rondonópolis (212 km

Notícias 0 Comentários

MELHOR PREFEITO DO BRASIL: SÉRGIO MENEGUELLI VISITA MT EM SETEMBRO

Sérgio Meneguelli, atual prefeito de Colatina, que fica na região noroeste do Espírito Santo tem agenda prevista para visitar o estado de mato grosso no próximo mês de setembro. Rondonópolis

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta