Rondon Plaza Shopping divulga  horários de funcionamento durante os feriados de novembro

Rondon Plaza Shopping divulga horários de funcionamento durante os feriados de novembro

No mês de novembro teremos três feriados programados, no dia 02 de novembro – Finados, no dia 15 de novembro – Proclamação da República e dia 20 de novembro – Consciência Negra. Confira como será o funcionamento do Rondon Plaza para estas três datas.

No dia de Finados (02/11), as atividades no shopping ocorrerão normalmente, com exceção aos quiosques e lojas de varejo.

Já no dia 15 de novembro na comemoração da Proclamação da República, as lojas abrirão das 14h até às 22h, o entretenimento das 10h às 22h, o Cinema inicia suas atividades às 12h30 e vai até às 22h20, a academia abre das 09h e fecha às 15h, praça de alimentação das 10h às 22h, a casa lotérica abre das 13h até às 19h, posto de combustível inicia o atendimento às 06h indo até às 00h e Localiza não abrirá.No feriado da Consciência Negra (20/11) as lojas abrirão das 14h até às 22h, o entretenimento das 10h às 22h, o Cinema inicia suas atividades às 12h30 e vai até às 22h20, a academia abre das 09h e fecha às 15h, praça de alimentação das 10h às 22h, a casa lotérica abre das 13h até às 19h, posto de combustível inicia o atendimento às 06h indo até às 00h e Localiza não abrirá.  Outras informações pelo telefone (66) 3422-4000.  

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

Jovem troca fotos íntimas por mensagens e paga R$ 2,5 mil para evitar que imagens sejam divulgadas

Um jovem de 28 anos procurou a Polícia Civil de Caxias do Sul por volta das 11h20 desta terça-feira (22) para relatar que foi vítima de extorsão. O crime tem sido

Polícia

OPERAÇÃO EM CUIABÁ DA POLÍCIA FEDERAL CONTRA QUATRO ADVOGADOS

Agentes da Polícia Federal (PF) cumprem, na manhã desta quarta-feira (27), quatro mandados de prisão, condução coercitiva e apreensão em Cuiabá. A ação faz parte de uma nova operação, deflagrada

Sem categoria

Filha busca a Justiça do Paraná para ser adotada pelo pai biológico.

Uma jovem e seu pai biológico procuraram a Justiça para revogar a adoção deferida anos antes ao padrasto da autora do processo. Segundo a ação, quando criança, a menina vivenciou