NEPOTISMO DE BOLSONARO É COMO LENDA DO TESOURO NO FIM DO ARCO-ÍRIS

NEPOTISMO DE BOLSONARO É COMO LENDA DO TESOURO NO FIM DO ARCO-ÍRIS

Após Jair Bolsonaro, ter a coragem de expor sua posição sobre a Globo, dizendo que, eleito, irá reduziria a verba de publicidade do governo destinada a Globo a 40% do total.

A impressa marrom sob a tutela da corporação globo, não esperou nem um minuto para tramar uma vingança global contra Bolsonaro.

O globo, jornal que foi diretamente afetado pela declaração, ilustrou em letras gigantes a seguinte frase:

Bolsonaro empregou ex-mulher, ex-cunhada e ex-sogro no Legislativo“.

Como toda a manipulação o jornal o globo e com a ajuda de mídias esquerdistas e secundárias, armou uma matéria fraca para sustentar uma situação que ocorreu antes da existência de qualquer lei, sobre proibição de empregar pessoas com elos familiares em seus gabinetes.

A data em que ocorreu o fato não existia ilegalidade.

A mídia esquerdopata quer destruir Bolsonaro para que ele não vença as eleições.

O fato de Ana Cristina Valle, ex-mulher de Bolsonaro, a irmã dela, Andrea, e o pai , José Cândido Procópio, ocuparem as vagas a partir de 1998 não podem ser tecnicamente enquadrados como nepotismo.

A contratação de parentes foi normatizada por uma súmula do Supremo Tribunal Federal, em 2008. Os casos da família Bolsonaro ocorreram antes disso. Além disso, Andrea, pelo grau de parentesco com Flávio Bolsonaro, não se enquadra na proibição expressa na súmula do STF”.

Mas alguns estão procurando o pote de TESOURO NO FIM DO ARCO-ÍRIS.

 

Redação

 

 

 

 

Compartilhe: