NEGLIGÊNCIA A CAUSA DAS TRAGÉDIAS NACIONAIS

NEGLIGÊNCIA A CAUSA DAS TRAGÉDIAS NACIONAIS

Pelo menos 1.774 pessoas morreram ao longo de 12 anos em tragédias que poderiam ter sido evitadas. Foram desastres de avião, enchentes, desabamentos, naufrágios e diversos outros incidentes que talvez não tivessem ocorrido se regras de segurança e leis tivessem sido cumpridas. Além da negligência de agentes públicos e privados, a impunidade é outra marca dessa estatística.

Nenhum dos processos a respeito de tragédias acontecidas desde 2007 resultou em condenação dos responsáveis. “No Brasil, o pessoal empurra com a barriga. Sabe que tem problema, que está errado, mas continua fazendo”, diz especialista em segurança.

Chegou a 165 o número de mortos em Brumadinho, devido ao rompimento de uma barragem da Vale. Ainda há 160 desaparecidos. Para advogado especialista em legislação sobre desastres, acidentes desse tipo acontecem em todo o mundo. A diferença é como o poder público lida com a questão. Na avaliação dele, interesses políticos e econômicos estimulam a impunidade.

Redação com Meio

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

PÁTIO APRESENTA BALANÇO DE 2017 E RONDONÓPOLIS FECHARÁ O ANO COM AS CONTAS EM DIA

O prefeito de Rondonópolis Zé Carlos do Pátio, acompanhado dos secretários e vereadores, fez uma avaliação do desempenho da gestão neste ano e apresentou as principais ações realizadas durante 2017.

Destaques 0 Comentários

LAVA-JATO MANDA PRENDER DARIO MESSER E OUTROS 44 DOLEIROS

Agentes da Polícia Federal liderados pela força-tarefa da Lava-Jato estão nas ruas para cumprir 45 prisões contra doleiros envolvidos em um esquema de lavagem de dinheiro que atinge astronômica cifra

Destaques 0 Comentários

ROTATIVO RONDON DESRESPEITO AO USUÁRIO

O Rotativo Rondon que nos últimos meses tem gerado desconfiança da população e dos colaboradores pela falta de pagamento de alguns direitos trabalhistas, desta vez a reclamação é de usuários