NÃO LARGA A TETA: PREFEITO QUER VERBA INDENIZATÓRIA EM LUCAS DO RIO VERDE

NÃO LARGA A TETA: PREFEITO QUER VERBA INDENIZATÓRIA EM LUCAS DO RIO VERDE

O prefeito Flori Luiz Binotti (PSD), do município de Lucas do Rio Verde MT (330 Km de Cuiabá), não desistiu de instituir o pagamento de Verbas Indenizatórias (VI) para si mesmo, ao vice, aos seus secretários, diretores e gerentes da administração pública do município.

Após ter protocolado na câmara de vereadores e depois solicitar a retirada do projeto da pauta, na quinta-feira (4) o projeto voltou a casa dessa vez com uma pequena alteração.

No projeto anterior a verba destinava R$ 8.500,00 para o Prefeito; R$ 3.500,00 para o Vice-prefeito, R$ 8.000,00 para os cargos de Diretor de Desenvolvimento Humano e Diretor de Desenvolvimento Sustentável; R$ 6.000,00 para os cargos de Secretários Municipais.

Com a nova redação os valores ficaram assim estabelecidos:

R$ 8.000,00 (oito mil reais) para o cargo de Prefeito; R$ 4.500,00 (quatro mil reais) para o cargo de Vice-prefeito, R$ 6.000,00 (seis mil reais) para os cargos de Secretários, Diretor de Desenvolvimento Humano e Diretor de Desenvolvimento Sustentável.

Novo projeto encaminhado pelo executivo

A medida, segundo o prefeito, é para compensar o não recebimento de diárias, adiantamentos, passagens e ajuda de transporte. Dentre outras despesas inerentes ao exercício dos cargos, para custeio das despesas dentro do Estado de Mato Grosso e no Município.

Apesar do pagamento da verba indenizatória, as despesas de transporte, hospedagem e alimentação, para viagens fora do Estado, continuarão a ser custeadas pelo Poder Público, segundo a lei.

Sendo assim o salário do prefeito de Lucas do Rio Verde que ultrapassa R$ 13 mil, com a verba indenizatória pode chegar a 21 mil e dos secretários que recebem mais de R$ 11 mil por mês pode chegar a R$17 mil.

Não há informações acerca de qual será o impacto financeiro da instituição dessa verba para os cofres públicos, em um momento de crise financeira pelo qual todo país atravessa a inclusão de verba indenizatória é um “tapa na cara” dos cidadãos de Lucas do Rio Verde.

O projeto para se tornar Lei, depende da aprovação dos vereadores.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Mato Grosso 0 Comentários

ENQUANTO GOVERNO E ASSEMBLEIA EMENDAM FERIADÃO, PREFEITURA DE CUIABÁ PAGA SALÁRIOS

Mesmo com arrecadação recorde de R$ 25,5 bilhões em 2017, o Governo de Mato Grosso continua passando por uma séria crise financeira. E, com repasses em atraso, Assembleia Legislativa de

Política

DIREITA| LEVY FIDELIX E MOURÃO APROVAM O NOME DE BONOTO

O Presidente do PRTB Levy Fidelix, foi o primeiro a parabenizar a escolha do nome do Coronel Vanderlei Bonoto como pré-candidato para disputar a prefeitura de Rondonópolis nas eleições de

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

EMENDA DE GALLI E CONTRAPARTIDA DO MUNICÍPIO GARANTEM ASFALTO PARA O BAIRRO EDELMINA QUERUBIM

Após quase oito anos, os moradores do bairro Edelmina Querubim puderam comemorar a ordem de serviço para execução da obra de pavimentação e drenagem. O fim da espera se deu

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta