NÃO EXISTEM ELEMENTOS QUE LIGUEM O GOVERNADOR PEDRO TAQUES AO CASO DOS GRAMPOS

NÃO EXISTEM ELEMENTOS QUE LIGUEM O GOVERNADOR PEDRO TAQUES AO CASO DOS GRAMPOS

O desembargador Orlando de Almeida Perri, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, usou quase 100 páginas para decretar a prisão do ex-secretário da Casa Civil do Estado, Paulo César Zamar Taques, nesta sexta-feira (4).

Em um dos trechos da decisão, o magistrado diz que não há elementos de que o governador Pedro Taques (PSDB) esteja envolvido nos supostos grampos ilegais, mesmo com indícios fortes da participação do ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, primo do chefe do executivo.

Veja esse trecho da decisão da prisão preventiva de Paulo Taques:

Convém salientar, outrossim, que, apesar dos fortíssimos indícios do envolvimento de Paulo Cesar Zamar Taques com o grupo criminoso, o mesmo não se pode dizer – por ora – quanto ao Governador do Estado, Pedro Taques, pois não há, até o momento, nenhum elemento, mínimo que seja, de sua participação na propalada organização criminosa, ou, pelo menos, de que sabia ou de que aquiesceu com os atos por ela praticados.

Fiz questão de registrar todos estes acontecimentos para confirmar, concretamente, que os principais envolvidos na trama delituosa são sempre as mesmas pessoas: Cb PM Gerson Correa, Paulo Taques, Cel. PM Zaqueu, Cel. PM Siqueira, Cel. PM Lesco, Cel. PM Barros, dentre outros.

 

Redação com matogrossomais

 

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Polícia

Nova vítima de Antônio Ramos Escobar – “Também fui estuprada aos 9 anos pelo agressor de Sara”

Uma nova vítima de Antônio Ramos Escobar, de 58 anos, que confessou na semana passada ter violentado e matado a menina Sara Vitória Fogaça, quando ela tinha 5 anos de idade,

Notícias 0 Comentários

ESPOSA DE EX-DEPUTADO FEDERAL SE ENVOLVE EM ACIDENTE E CRIANÇA MORRE

Uma camionete conduzida por Lidiane Campos, esposa do ex-deputado federal, Adilton Sachetti (PRB), se envolveu em um acidente na noite deste domingo (11) em Rondonópolis. Segundo informações a condutora teria

Destaques

Bolsonaro e Mourão endurecem discurso contra “terroristas” da esquerda

O governo federal endureceu o discurso, ontem. Pela manhã, em artigo, o vice-presidente Hamilton Mourão chamou as pessoas que saíram em “protesto pela democracia” de baderneiros, classificou suas ações como

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta