Mulher vai a hospital desconfiando de pedra nos rins e dá à luz trigêmeos

Mulher vai a hospital desconfiando de pedra nos rins e dá à luz trigêmeos

Dannette não desconfiou da gravidez pois não tinha nenhum sintoma e não sentia os bebês se mexerem

Uma mulher da Dakota do Sul, nos Estados Unidos, foi socorrida para o hospital suspeitando de pedra nos rins, mas, chegando no local, descobriu que estava em trabalho de parto para dar à luz trigêmeos . 

O caso surpreendeu moradores da cidade de Sturgis, com pouco mais de seis mil  habitantes. “Você nunca vê triplos serem concebidos naturalmente, quanto mais passar 34 semanas sem perceber? Todo mundo diz que não consegue acreditar e eu respondo ‘eu também estou em choque’, afirmou Dannette Giltz, mãe dos triplos em entrevista ao canal norte-americano ABC12 News.

A mulher já tinha um casal de filhos e disse não suspeitar da gravidez em momento nenhum. Um menino e duas meninas a mais entraram na família: Blaze, Gypsy e Nikki. Para ajudar a pagar as dívidas do parto e a alimentar as crianças pelos próximos meses, eles fizeram uma vaquinha virtual que em poucas horas atingiu o valor necessário.

Os bebês nasceram com saúde , mas estão em observação no hospital e devem receber alta em breve. 

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

DISCUSSÃO ENTRE DIRETOR DE SITE E SERVIDOR DA CÂMARA DE RONDONÓPOLIS VAI PARAR NA JUSTIÇA

Uma discussão envolvendo o diretor geral do site NMT, Francisco “CHICO” Oliveira, e o advogado Eduardo Weigert Duarte, atual Secretário Legislativo de Administração da câmara de vereadores de Rondonópolis na

Notícias 0 Comentários

DELAÇÃO DE HENRIQUE CONSTANTINO, DONO DA GOL ENVOLVE RODRIGO MAIA E OUTROS

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, homologou a delação premiada do empresário Henrique Constantino, um dos donos da empresa aérea Gol, em um desdobramento da

Polícia 0 Comentários

CRIANÇA COM MARCAS DE AGRESSÃO E HEMATOMAS APÓS SAIR DE CRECHE MUNICIPAL EM RONDONÓPOLIS

Aproximadamente às 16h da quarta-feira (20), Rhaiany Stefhany Silveira Besso, mãe de Arthur de 1 ano e 10 meses de idade, que estava na creche municipal Charmêne Rosa localizada no