MPE pede impugnação de Bonoto, defesa contesta e garante elegibilidade

MPE pede impugnação de Bonoto, defesa contesta e garante elegibilidade

Após o Ministério Público Eleitoral entrar com pedido de impugnação da candidatura, do   Coronel Bonoto, (PRTB) alegando que o candidato não apresentou comprovação de descompatibilização do cargo de comandante dos Bombeiros.

O advogado Rafael Soares, que representa a equipe jurídica da campanha, informou que o PRTB, foi o primeiro partido a realizar a convenção e houve uma falha ao não anexar alguns documentos como o comprovante de descompatibilização do cargo de comando militar.

No entanto, na terça feira (29), foi realizada a retificação do registro do candidato com a juntada de documentos, que comprovam o afastamento junto à Justiça Eleitoral. Porém o Ministério Público Eleitoral havia protocolado o pedido de impugnação da candidatura alegando ausência de comprovação da descompatibilização do cargo.

Os documentos estavam em posse do candidato e estão de acordo com o requerido pela legislação. O advogado Rafael explicou que o candidato deixou o comando, porém não deixou de ser militar. Bonoto concedeu entrevistas como militar, não como comandante. O que é totalmente legal.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Câmara Municipal Rondonópolis realiza homenagem ao Dia dos Professores.

A Câmara de Vereadores de Rondonópolis entrega hoje (15) 61 Moções de Aplausos para professores que atuam no município, a sessão começa ás 19h no Plenário Ulysses Guimarães. As honrarias

Destaques

Polícia Civil prende foragido de justiça e receptador em ações distintas em Rondonópolis

A Polícia Civil de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) efetuou a prisão de dois homens durante diligências distintas realizadas na segunda-feira (01.06). As ações deflagradas pela Delegacia Especializada

Notícias 0 Comentários

TOLERÂNCIA ZERO PARA TRÁFEGO DE CARRETAS NO PERÍMETRO URBANO EM RONDONÓPOLIS

O secretário municipal de Transporte e Trânsito, Rodrigo Metello, determinou e a gerência de trânsito da Setrat, sob a coordenação de José Severino da Silva Neto ‘Nino’, vai intensificar a