MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL QUER CONSTRUIR NOVA SEDE E DESAPROPRIAR A URAMB

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL QUER CONSTRUIR NOVA SEDE E DESAPROPRIAR A URAMB

Nilza Sirqueira, atual presidente da Uramb: “ainda não entendi essa orientação da promotora de Justiça” – Foto: Roberto Nunes/A TRIBUNA

A União Rondonopolitana das Associações de Moradores de Bairros (Uramb), que tem 109 associações de bairros filiadas, irá deliberar no dia 30 de setembro se devolve ou não à Prefeitura de Rondonópolis a sua área localizada no Jardim Guanabara. A entidade está instalada no local há 35 anos.

A presidente da Uramb, Nilza Maria Nunes Sirqueira, explicou que foi orientada pela promotora de Justiça Joana Maria Bortoni Ninis a devolver área para o município. No entanto, ela ressaltou que o imóvel foi doado à entidade que hoje é registrada como associação privada há mais de 35 anos.

“Ainda não entendi esta orientação da promotora, porém quem vai analisar é a assembleia geral, pois as nossas decisões são tomadas no coletivo”, ressaltou.

“Hoje, a Uramb vive um dos seus melhores momentos. Recebeu investimentos em sua infraestrutura e está desenvolvendo vários projetos com as comunidades. Temos hoje uma parte da área sem construção, na qual estamos planejando a instalação de uma casa abrigo para as pessoas em tratamento médico e seus acompanhantes, já que a sede da Uramb está próxima do Hospital Regional, Santa Casa e Hospital do Câncer”, justificou a presidente.

O  Ministério Público em 2016  enviou à prefeitura de Rondonópolis um ofício requisitando parte da área da Uramb para a construção da sua sede.

Como a área pertence à Uramb, a Procuradoria do Município entrou em contato com a diretoria da associação para conseguir a doação. Mas a proposta foi colocada em assembleia e os filiados não aprovaram.

Depois disso, a Prefeitura de Rondonópolis doou uma área nas proximidades da Vila Birigui, que era denominado antigo Campo Bahia, para a construção da nova sede do MP. Porém, até agora nada foi construído e o prazo dado pelo município está se esgotando.

 

Redação com a tribuna

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Menino abduzido aparece em Rondonópolis (MT)

O menino Manoel Roberto, 11 anos, apareceu no dia 20 de janeiro de 1978, uma sexta-feira, em Rondonópolis – 250 km de Cuiabá – afirmando que juntamente com seu primo,

Notícias 0 Comentários

WILSON SANTOS “O EXTERMINADOR DE CÃES” QUE SE OPÕE A CAUSA ANIMAL

No dia 27 de abril de 2018 na reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT),o Deputado Estadual e líder do Governo Taques

Notícias 0 Comentários

A FRENTE PARLAMENTAR DE ESQUERDA SEM O PT NO CONGRESSO

PDT e PSB da Câmara estão nos ajustes finais, informa o Painel da Folha, e PCdoB é quase certo. No Senado está mais inclusivo, pois PPS e Rede chegaram junto.