MAX RUSSI ELEITO PRESIDENTE DA ALMT

MAX RUSSI ELEITO PRESIDENTE DA ALMT

O deputado estadual Max Joel Russi (PSB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso na noite desta terça-feira (23.02). Max Russi liderou a chapa única inscrita para concorrer à Presidência do Legislativo após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) de que nova eleição da Mesa Diretora fosse realizada, retirando da função o deputado Eduardo Botelho e os demais membros.

No entendimento do STF, é possível apenas uma única recondução aos cargos da Mesa Diretora. Além do atual presidente Eduardo Botelho (DEM), todos os membros eleitos para o biênio 21/22 foram depostos dos cargos que ocupavam. Botelho foi reeleito para o terceiro mandato consecutivo em 1º de fevereiro deste ano. Ele comandou a Casa pelos biênios 17/18 e 19/20.

A decisão do STF impede a reeleição para cargos da Mesa Diretora mas permite que os parlamentares sejam eleitos para funções diferentes. Foi o que ocorreu com Botelho, que deixou a presidência mas vai assumir a 1ª Secretaria do Parlamento.

A chapa foi eleita com 20 votos. Dois parlamentares votaram em branco e um votou contrário à chapa. Apenas um parlamentar se ausentou, Valdir Barranco (PT), que está internado em tratamento da covid-19.

Confira abaixo composição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que teve como nome “Chapa Deputado Valdir Barranco”, em homenagem ao parlamentar do PT:

Presidente – Max Russi (PSB)

1º Vice-presidente – Dilmar dal Bosco (DEM)

2º Vice-presidente – Wilson Santos (PSDB)

1º Secretário – Eduardo Botelho (DEM)

2ª Secretária – Janaina Riva (MDB)

3º Secretário – Claudinei Lopes (PSL)

4º Secretário – Allan Kardec (PDT)

Perfil

Com um patrimônio declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que se aproxima de R$ 3,4 milhões, o novo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso Max Joel Russi (PSB) entrou na política em 2004, quando foi eleito pela primeira vez a um cargo eletivo.

Prefeito de Jaciara, foi reeleito em 2008, e depois conquistou uma vaga no Legislativo em 2014. Em 2018, foi reeleito deputado estadual com 35.042 votos.

Natural do Paraná, Max Russi, que completa 45 anos dia 20 de março de 2021, foi convidado pelo ex-governador Pedro Taques para assumir a Secretaria Estadual de Assistência Social em 2016.

Russi esteve à frente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), cumprindo a função de analisar a legalidade das propostas legislativas, além de presidir a CPI do MP Estadual.

A mesa que foi substituída tinha a seguinte formação: Presidente – Eduardo Botelho; 1º Vice Presidente – Janaina Riva; 2º Vice Presidente – Wilson Santos; 1º Secretário – Max Russi; 2º Secretário – Valdir Barranco; 3º Secretário – Delegado Claudinei e 4º Secretário – Paulo Araújo.

REDAÇÃO COM PNBONLINE

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Polícia

PF: Operação contra organização criminosa nas eleições em MT

A Policia Federal desencadeou a operação ‘Captura de Estado’, e  cumpriu três mandados de busca e apreensão contra integrantes de uma facção criminosa. As ordens foram expedidas pela 9ª Zona

Destaques

PROPAGANDA IRREGULAR: JUSTIÇA MULTA PÁTIO E ARGEMIRO EM R$ 5MIL

Uma sentença do juiz eleitoral  Renan Carlos Leão Pereira Do Nascimento, 10ª Zona Eleitoral De Rondonópolis, julgou procedente  uma ação promovida pelo Partido Republicanos de Rondonópolis;  POR CONDUTA VEDADA À

Mato Grosso

Bandidos invadem fazenda, espancam e matam casal de idosos

O casal de idosos João Geraldo de Oliveira, de 69 anos, e Maria Aparecida de Oliveira, de 65 anos, foi encontrado morto pelo filho, na terça-feira (16), em sua residência