Foto: JOSÉ MARQUES Max Russi cumpre agenda em sete municípios

Max Russi cumpre agenda em sete municípios

O deputado estadual Max Russi (PSB) cumpriu agenda em sete municípios, contando a partir de sexta-feira (4), até o último domingo (6). No cronograma, a inauguração do Ganha Tempo de Rondonópolis, inclusão de 161 famílias de Gaúcha do Norte e São Félix do Araguaia na maior rede de proteção social de Mato Grosso, o Pró-Família, eventos alusivos aos aniversários de emancipação dos municípios de Ribeirão Cascalheira e Campinápolis, além de prestigiar o Jeep Cross, de Santo Antônio do Leste, e se reunir com lideranças em Água Boa.

Na prática de seu perfil municipalista, o parlamentar tem apostado na gestão de contato direto com os municípios, para adequar e efetivar as políticas públicas em todos os segmentos, junto às estruturas estaduais e federais.

“É fundamental integrarmos as nossas ações, pois sabemos das dificuldades. Juntos, fortalecemos a eficácia dos trabalhos e quem ganha com isso é o cidadão, o beneficiado por essas políticas públicas”, reforçou o deputado.

Ganha Tempo – O governador Pedro Taques considerou fundamental a participação do deputado estadual Max Russi na implantação da sede do Ganha Tempo de Rondonópolis. “Max trabalhou muito para que isso acontecesse”, discursou o chefe do Executivo estadual.

A afirmação teve por base o período em que o parlamentar atuou como gestor da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), onde foi um dos principais articuladores, atuando de forma direta nas tratativas e desenvolvimento do projeto da unidade, junto ao MT-Par.

Implantada em parte da área da antiga rodoviária, a estrutura presta 70 serviços públicos aos cidadãos, podendo chegar a 120, abrangendo mais de 500 mil habitantes dos 19 municípios, que compõem a região. Em números expressos, significa atendimento humanizado a 27000 pessoas por mês, na média de 1300 diariamente.

Pró-Família – Na segunda etapa do Pró-Família, maior ação social de Mato Grosso, executada hoje pelo governo do estado, o deputado Max Russi participou, junto com o governador Pedro Taques e a secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Mônica Camolezi, da inclusão de 161 famílias de Gaúcha do Norte e São Félix do Araguaia a essa rede de auxílio.

Emancipação – Maio é celebrado de maneira especial por alguns municípios do Vale do Araguaia. Ribeirão Cascalheira celebrou seu 35º aniversário promovendo a tradicional “Queima do Alho”, que reuniu boa parte da população. O deputado Max Russi esteve presente no evento.

Já em Campinápolis, que comemora seu 32º ano de emancipação político-administrativa, foi a vez de prestigiar a Expo Camp 2018, promovida pela prefeitura municipal e que teve o auxílio de uma de suas emendas parlamentares.

Dentro desse cronograma, Max também se reuniu com lideranças de Água Boa e finalizou sua empreitada em Santo Antônio do Leste, onde aconteceu 5º Jeep Cross No município, a atual administração está finalizando as obras de um campo de futebol society, para a realização de atividades esportivas. Ambos os benefícios tiveram aportes destinados pelo deputado.

“Gostaria de agradecer ao Max pela sensibilidade de estar ajudando o nosso município”, discursou o prefeito Miguel Brunetta.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Política 0 Comentários

Aliado de Bolsonaro propõe filósofo Mário Ferreira como novo Patrono da Educação

O Deputado Federal Victório Galli (PSL-MT), que foi líder de Eduardo e Jair Bolsonaro na Câmara quando ainda estavam no PSC, tem feito um trabalho contra o marxismo por meio

Destaques

Queda de Suposto OVNI em Magé no Rio de Janeiro é o assunto mais comentado do Twitter

Em Magé uma cidade da Baixada Fluminense, situado na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, foi parar no topo dos Trending Topics do Twitter no Brasil nesta quarta-feira (13). Famosa

Mato Grosso 1Comentários

BLITZ ILEGAL DO GOVERNO MT DESRESPEITA DETERMINAÇÃO DO STF E APREENDE VEÍCULOS COM DÉBITOS

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional a decisão adotada pelos Estados de apreender bens para forçar o contribuinte a pagar impostos. A decisão atinge em cheio a prática adotada

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta