MARRETA ENTREVISTA ZÉ  CARLOS DO PÁTIO

MARRETA ENTREVISTA ZÉ CARLOS DO PÁTIO

Ex- prefeito de Rondonópolis e atualmente Deputado Estadual

Jose Carlos Junqueira de Araújo ou simplesmente Zé do pátio, ex- prefeito de Rondonópolis e atualmente  Deputado Estadual pelo Solidariedade é um dos candidatos a prefeito de Rondonópolis nas eleições 2016 ele conversou com o marreta urgente e respondeu as seguintes perguntas:

ze do patio

 M.URGENTEPorque decidiu ser candidato novamente?

 ZÉ CARLOS– Houve uma cobrança muito grande de vários setores da sociedade e a nossa candidatura não é com vontade pessoal apenas, mas de setores que entendem que a minha participação é fundamental, foram esses setores que nos convenceram a entrar no projeto.

M.U.- O que a população pode esperar da gestão Zé do Pátio se for eleito?

Z C.-Priorizar o desenvolvimento econômico, quando fui prefeito organizei a chegada da ferrovia ALL, criei um Micro Distrito industrial na vila operária, que não deram continuidade na atual gestão, o Distrito industrial Razia que foi criado pela gestão sachetti, mas preenchido com as indústrias e empresas que nós trouxemos, outro ponto será a construção civil que vamos retomar com prioridade. Até porque 80%das obras inauguradas pelo Percival,foram de recursos conseguidos na minha administração, quando prefeito recebi o PAC 1,PAC 2 e várias unidades de educação infantil, escolas, UPA, recursos de captação e toda a rede de esgoto, um trabalhador me chamou de “Zé do Buraco” e é verdade eu abri muito buraco para fazer a rede de esgoto e sinceramente não teve continuidade, a cidade vivia um verdadeiro canteiro de obras na minha gestão.

M.USobre o transporte coletivo, a mobilidade urbana o que precisa melhorar?

Z. C.-Hoje o modelo estabelecido desestimula o transporte coletivo, precisamos mudar os conceitos priorizar o coletivo em detrimento do particular, valorizar o cidadão com ônibus de qualidade e em horários variados.

M.UO que não deu certo na sua administração anterior que precisa ser repensado?

Z. C.-Minha relação com os meios de comunicação, e também construir uma relação mais próxima dos empresários, apesar de ter sido um gestor que não aumentou os impostos, eu preciso melhora e afinar estas relações.

M.U.Qual o papel da gestão pública municipal na segurança?

Z. C.-Vamos ter que analisar o orçamento, pois a competência desta área é do governo do estado e hoje vemos que o estado dá uma de” Pilatos e lava as mãos”, prioriza a região metropolitana da capital e deixa à desejar no interior em matéria de segurança pública, vamos discutir com o estado essa questão que precisa de uma resposta à altura das situaçoes que acontecem.

M.UVocê se sente injustiçado pela sua cassação na época da sua administração?

Z. C.-A pior dor do mundo é a dor da injustiça e  da traição, mas eu não quero vincular isso porque eu luto pela minha cidade. E na semana passada, eu estive com o prefeito Percival Muniz, eu nunca mais tinha voltado à prefeitura e entreguei 18 projetos para ele licitar e com os recursos serão construídas muitas obras em beneficio da população, eu faço isso por rondonopolis sem olhar quem esta na administração.Entre estes projetos já tem dinheiro para licitar quadra coberta nas escolas da  zona rural, para mini estádios de futebol, pista de caminhada, Deus sabe que independente de qualquer situação eu como deputado sempre olhei para Rondonópolis quero sempre o melhor para população.

Considerações Finais.

Percival é meu adversário, mas Rondonópolis não é ,isso significa que terminando a eleição, eu vou visitar um por um dos políticos de Rondonópolis porque o maior desafio da minha vida é a melhora dos índices da qualidade de vida da população. E para isso necessitamos de recursos que podem vir das esferas estadual e federal. Assim olhamos para a cidade como um todo e não dividida nas questões politicas pontuais.

Da Redação.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Política 0 Comentários

ALERTA DE GALLI SE CUMPRE E DISNEY APROFUNDA DESENHOS E SÉRIES COM TEMA LGBT

O alerta do deputado federal Victório Galli (PSC-MT) quando posicionou-se em sua página do Facebook, com uma ilustração em que Jesus aparecia ‘protegendo’ uma criança do Mickey se cumpriu. No

Notícias 0 Comentários

SEM CAIXA, COLAPSO NO INSS QUASE INEVITÁVEL

O governo está sem caixa. E precisa da articulação no Congresso, com base política instável. É necessário a autorização para arrecadar R$ 248 bilhões com a venda de títulos do

Mato Grosso 0 Comentários

PANOS QUENTES: EDUARDO BOTELHO AFIRMA QUE ALMT PRECISA AUTORIZAR PARA FABRIS CONTINUAR PRESO

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, afirmou que será preciso votar no plenário da Assembleia Legislativa a manutenção da prisão do deputado estadual Gilmar Fabris. Em entrevista coletiva depois