MALADRAMENTE: PREFEITO DE RONDONÓPOLIS IGNORA PLANO DE RECUPERAÇÃO DA SANTA CASA

MALADRAMENTE: PREFEITO DE RONDONÓPOLIS IGNORA PLANO DE RECUPERAÇÃO DA SANTA CASA

Durante a explanação do plano de recuperação da a Santa Casa de Misericórdia neste sábado (26), um fato chamou a atenção a ausência do prefeito José Carlos do pátio e de qualquer representante da prefeitura municipal de Rondonópolis no evento.

NELSON PAIM- PREF. POXOREÚ

Até parece que a Santa Casa não faz parte do interesse do município, em contra partida o prefeito Nelson Paim (PDT) do município de Poxoréu/MT, viajou 85 km e o Prefeito Claudinei Singolano (DEM) do município de Alto Garças outros 150 km até Rondonópolis, para participarem da reunião.

Uma coisa tem a participação do prefeito José Carlos do Pátio, a não comunicação do CNES da Santa Casa para receber as emendas federais e um Projeto de Lei que cria os Conselhos Gestores de Unidades de Saúde, enviado a Câmara municipal de Rondonópolis com objetivo “astuto” de comandar a gestão da Santa Casa em Rondonópolis.

No entanto o projeto (eleitoreiro de Zé do Pátio), teve pedido de vistas pelo vereador Reginaldo (Cidadania) e assim não foi apreciado ainda.

Ao que se percebe, o atual prefeito não deseja que a SANTA CASA comece a engrenar, a não ser que esteja nas mãos do poder público, e como se sabe 2020 está as portas e nada como tentar obter um bom palanque político.

Por enquanto Marreta Neles!

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

ADONIAS FERNANDES O “CAVALEIRO SOLITÁRIO”

A eleição da nova mesa diretora da câmara de vereadores de Rondonópolis no inicio do mês foi tensa todos já sabem, teve de tudo, tapa na cabeça, tapa no rosto,

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

O “ASSESSOR SUCESSO” DO PREFEITO ZÉ DO PÁTIO

Ter fama e prestígio é com certeza muito bom. Mas, às vezes, pode fazer com que a pessoa perca a humildade e fique arredia com amigos, colegas e companheiros. Infelizmente,

Marretadas 0 Comentários

O MISTÉRIO DO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS EM RONDONÓPOLIS

Morar em Rondonópolis entre outras coisas é conviver com o elevado preço dos combustíveis, quem abastece seu veículo no município paga o 2ºmaior valor do estado do MT e um