MÃE DENUNCIA NEGLIGÊNCIA NO HOSPITAL DA UNIMED EM RONDONÓPOLIS

MÃE DENUNCIA NEGLIGÊNCIA NO HOSPITAL DA UNIMED EM RONDONÓPOLIS

A publicação de uma mãe nas redes sociais em Rondonópolis, relata que uma criança de 04 anos, vítima de uma queda de bicicleta sobre galhos de árvores, causou um corte profundo no rosto.

Segundo a publicação o hospital da Unimed teria sido negligente no atendimento que a criança recebeu, tendo inclusive deixado galhos dentro do rosto da criança que recebeu a sutura. Relata ainda que ao entrar na unidade hospitalar da Unimed, não recebeu atendimento imediato, mesmo sendo carregada no colo pela mãe, que devido a lesão saia uma grande quantidade de sangue.

Denúncia no Facebook

Somente após o preenchimento de uma ficha que durou creca de 30 minutos, ainda teve que aguardar com a criança por mais 40 minutos até que a médica chegasse para o atendimento.

Pedaço de galho deixado dentro da face

O caso ocorreu no dia 16 de agosto de 2019. A mãe ainda escreveu “”Tanta dor que meu filho sentiu por irresponsabilidade, sendo que eu pago caro todo mês o plano do meu filho”.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

VÍDEO FLAGRA IMPRUDÊNCIA DE MOTORISTA EM ULTRAPASSAGEM NA BR 259

Um vídeo gravado pelo passageiro de um veículo que trafegava na BR 259, entre João Neiva e Colatina, no Espírito Santo, na tarde da quarta-feira (20/02), mostra o flagrante de

Notícias

Polícia Civil prende homens que extorquiam vítima ameaçando divulgar imagens íntimas

Equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) prendeu em flagrante nesta sexta-feira (17) dois homens que estavam extorquindo uma mulher

PRESIDENTE DO PT DO RIO DIZ QUE “LUGAR DE EX-MINISTRO PALOCCI SERÁ O LIXO”

O sentimento contra o ex-ministro Antonio Palocci é de revolta no PT após acusar, em depoimento ao juiz federal Sergio Moro, na quarta-feira (6), o ex-presidente Lula de receber propina

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta