LUCIANO HUCK DO CALDEIRÃO AO PARAQUEDISMO

LUCIANO HUCK DO CALDEIRÃO AO PARAQUEDISMO

Luciano Huck nega ter deletado fotos do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG),

Para quem está abismado com a perspectiva de uma candidatura de Luciano Huck em 2018, recomenda-se a leitura da coluna de José Roberto de Toledo, especialista em pesquisas do Estado de S. Paulo.

“Segundo a repórter Andreza Matais, ‘o foco do DEM se voltou para Luciano Huck’. O DEM não é exatamente um campeão das urnas, mas é o melhor perdigueiro político que Brasília já criou. Sente o cheiro de poder e é capaz de apontar sua direção bem antes do resto da matilha (…).

Seu segredo é farejar as mudanças políticas antes que ocorram (…).

O que levaria o experiente DEM a apostar – de novo – num apresentador de TV sem nenhuma experiência política?

Não são poucos os motivos. O primeiro é o vácuo que se forma no campo mais popular do eleitorado se Lula não puder se candidatar (…).

Quem teria mais facilidade (ou menos dificuldade) para conquistar esse eleitor pobre e desassistido? Um apresentador de TV ultraconhecido e cujo programa consiste, basicamente, em dar assistência a pessoas pobres, ou um ex-apresentador de TV nem tão conhecido assim cuja frase, copiada, é ‘você está demitido’?

O fato de já ter muito recall dispensa Huck de se expor ao fogo (inimigo e amigo) de uma pré-campanha. Ele pode deixar para anunciar sua eventual candidatura aos 45 minutos do 2º tempo, ou seja, o dia 7 de abril de 2018. Essa é a data limite para quem for participar das eleições de outubro descer do umbuzeiro.

Outra vantagem de Huck é que ele é autofinanciável. Além de ter um patrimônio capaz de bancar parte da própria campanha, tem amigos com bolsos mais fundos do que a maioria.

Quais os pontos fracos do apresentador? O principal deles é não ser levado a sério como presidenciável. Seu paraquedas é vistoso demais.”

 

 

Redação com o antagonista

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Economia 0 Comentários

PGE-MT obtém decisão que regulariza as apreensões de mercadorias

A Seção de Direito Público do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) acolheu parcialmente um Incidente de Resolução de Demanda Repetitiva (IRDR) para regular as situações em que mercadorias

Destaques 0 Comentários

ADILTON PODERÁ UNIR LIBERAIS E CONSERVADORES EM RONDONÓPOLIS

Faltando aproximadamente 11 meses para o pleito municipal, o nome do ex-deputado federal Adilton Sachetti, presidente estadual do PRB em Mato grosso, é um dos mais comentados no meio político

Notícias 0 Comentários

RONDONÓPOLIS: ENQUETE MOSTRA ALTA REJEIÇÃO DE PÁTIO COMO ADMINISTRADOR

Enquete realizada pelo Marreta Urgente identificou um empate entre a avaliação ótima com 29% e péssima com o mesmo percentual de 29% daqueles que responderam. Ao serem questionadas sobre uma

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta