Luciano Hang, Roberto Jefferson, e blogueiros são alvos de operação da PF

Luciano Hang, Roberto Jefferson, e blogueiros são alvos de operação da PF

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (27) mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura produção de notícias falsas e ameaças à Corte. Entre os alvos estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos. Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Os alvos dos mandados, confirmados até a última atualização desta reportagem, são:

Luciano Hang, empresário

Roberto Jefferson, ex-deputado federal

Douglas Garcia (PSL-SP), deputado estadual

Sara Winter, blogueira

Wiston Lima, blogueiro

Buscas e apreensões

As buscas com relação a Jefferson e Hang foram realizadas nas casas deles, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina, respectivamente.

As buscas sobre Allan dos Santos ocorreram na casa dele, em uma área nobre de Brasília.

Ao todo, a operação tem 29 mandados de busca e apreensão. As ordens foram expedidas pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, relator do inquérito.

Além de Rio de Janeiro e Brasília, há mandados para ser cumpridos também nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

Redação com G1

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

DA BANCADA DO MT APENAS BEZERRA RECEBEU DINHEIRO DIRETO DA JBS

Após o escândalo da delação da JBS, que envolveu o senador Aécio Neves (PSDB) e o presidente Michel Temer (PMDB), Lula (PT) e Dilma que são investigados e estão na

Notícias

Pátio culpa a imprensa de Rondonópolis e foge de suas responsabilidades

O prefeito de Rondonópolis Zé Carlos do Pátio (SD), atirou para todos os lados e metralhou a imprensa da cidade, criticou o governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes

Destaques

Prefeitura realiza pregão eletrônico para registro de preços de medicamentos

A Prefeitura de Rondonópolis realiza licitação, na modalidade pregão eletrônico, do tipo menor preço por item, para futura e eventual aquisição de medicamentos e insumos que atenderão a Secretaria Municipal