LIVRO INFANTIL QUE ABORDA INCESTO SERÁ RETIRADO DAS ESCOLAS.

LIVRO INFANTIL QUE ABORDA INCESTO SERÁ RETIRADO DAS ESCOLAS.

O livro “Enquanto o sono não vem” será retirado das escolas brasileiras, a ordem já foi dada pelo Ministro Mendonça Filho. Segundo parlamentares católicos e evangélicos e Pesquisadores, o livro faz proselitismo ao incesto, fomenta o relacionamento entre um pai e uma filha. O MEC (Ministério da Educação) informou no dia 8 de junho que vai recolher todas as edições do livro das escolas públicas.

O livro foi distribuído pela gestão do PT no governo Dilma, para crianças de 6 a 8 anos de idade. A decisão de retirar o livro de todas as escolas brasileiras foi tomada pelo Ministro da Educação, Mendonça Filho, após receber demanda das bancadas evangélica e católica no Congresso. Durante o Governo petista, o livro foi avaliado e aprovado pelo Ceale (Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita) da Faculdade de Educação da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

O deputado federal Victório Galli (PSC-MT) é uma das peças importantes nesse processo, pois vem tratando deste assunto desde 2014 e vem ganhando força entre os pares na Câmara. O parlamentar de MT também tem participado de debates na Comissão “Escola sem partido”, na Câmara, e em 2016, foi autor do requerimento da CPI do MEC, que antecedeu o impeachment da Presidente Dilma e contribuiu para a instalação da Comissão que trata sobre doutrinação nas escolas de todo o país.

Galli vê com olhos suspeitos a atuação dos avaliadores que aprovaram o material durante a gestão do PT: “Estamos vivendo um momento perigoso, a doutrinação ideológica está a todo vapor, faz parte da agenda da esquerda no Brasil e no mundo”, enfatizou o parlamentar e líder do PSC na Câmara.

Eduardo Bolsonaro, Jair Bolsonaro, Victório Galli, Gilberto Nascimento e Marco Feliciano tem sido os generais deste combate no Congresso e a retirada deste livro é considerada uma vitória contra o marxismo cultural e a doutrinação ideológica dentro das escolas.

Livros didáticos e paradidáticos foram distribuídos, durante toda a Gestão do PT, com o objetivo de doutrinar nossas crianças, destruir valores cristãos e trazer uma nova cultura livre de valores religiosos na sociedade. São livros, direcionados às crianças de 6 até 11 anos, contaminados com ideologia de gênero, marxismo, anti-cristianismo, orientação sexual etc.

Os deputados que formam o fronte de direita da câmara federal estão sempre atentos às atrocidades que diariamente passam “despercebidas”, não pelo crivo daqueles que são os paladinos da direita no Brasil.

 

Marcelo Duarte

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

APÓS COBRANÇAS DO VEREADOR BETO DO AMENDOIM CODER TAPA BURACOS EXISTENTES HÁ MAIS DE 10 MESES

O vereador Beto do Amendoim (PSL), fez duras cobranças a Coder – Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis-MT, sobre os buracos existentes nas ruas da cidade e que já estava há

Mato Grosso 0 Comentários

GALLI ENTRE OS 110 DEPUTADOS DA “BANCADA BOLSONARO”

Na quarta-feira (4), o deputado federal Jair Bolsonaro(PSL-RJ), recebeu apoio de mais de 100 parlamentares que o apoiarão no pleito de 2018, em defesa da governabilidade de um futuro governo

Ministros do TSE afirmam que Alcolumbre tem que cumprir decisão de cassar Selma Arruda

Ministros do Tribunal Superior Eleitoral afirmam que David Alcolumbre não tem saída jurídica para não cumprir decisão da Justiça Eleitoral que determinou a cassação do mandato da senadora juíza Selma.

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta