Lewandowski arquiva inquérito que investigava Renan Calheiros e Romero Jucá

Lewandowski arquiva inquérito que investigava Renan Calheiros e Romero Jucá

Pedido foi feito por Raquel Dodge, procuradora-geral da República

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski decidiu sexta-feira (14) arquivar inquérito aberto na Corte em 2016 para investigar os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Romero Jucá (MDB-RR) no âmbito da Operação Zelotes, da Polícia Federal.

Lewandowski atendeu ao pedido de arquivamento feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. De acordo com a PGR, “não há mínimos elementos probatórios para justificar a deflagração de ação penal contra os parlamentes”.

O inquérito apurava o suposto recebimento de vantagens indevidas pelos parlamentares em troca de apoio a uma medida provisória que favorecia o setor automobilístico.

A Operação Zelotes investiga desvios no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão que é vinculado ao Ministério da Fazenda e última instância administrativa de recursos referentes a impostos e multas de contribuintes.

Fonte: Agência Brasil

Sobre o Autor

Talvez você também goste

OBRA PÚBLICA TERÁ SEGURO PARA GARANTIR A SUA CONCLUSÃO, PROPÕE DEPUTADO

O deputado federal Victório Galli apresentou um projeto de lei que estabelece o seguro-garantia em todos os contratos de obras, fornecimentos e serviços públicos. O PL 6988/17 buscará garantir o

Política 0 Comentários

Jean Wyllys, em votação pífia, atinge 24 mil votos

Jean Wyllys (PSol) conseguiu se reeleger deputado federal pelo Rio de Janeiro nos últimos momentos da apuração dos votos. Após a contagem, o candidato usou as redes sociais para se

Destaques 0 Comentários

INVESTIMENTO: Fávero quer remanejo de duodécimo para compra de viaturas

Ele lembra que no ano de 2017, a Casa de Leis devolveu R$ 25 milhões ao Executivo Estadual para aquisição de ambulâncias para os municípios. O deputado estadual Silvio Fávero

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta