Justiça proíbe manifestação na Avenida Paulista neste domingo

Justiça proíbe manifestação na Avenida Paulista neste domingo

Por Ludmilla Souza -Agência Brasil

O juiz Rodrigo Galvão Medina, do plantão civil da capital paulista, concedeu – na noite desta sexta-feira (5) – liminar proibindo a realização de atos de grupos antagônicos na Avenida Paulista, previstos para amanhã. O magistrado acolheu pedido do governo estadual.

No seu despacho, ele destacou que a medida visa evitar confrontos e danos ao patrimônio. 

“Impeço que os grupos manifestantes, manifestamente antagônicos entre si, se reúnam no mesmo local e data Avenida Paulista, capital, no próximo dia 7 de junho -, evitando-se, assim, confrontos e prejuízos decorrentes desta realidade, zelando as autoridades administrativas competentes para que tal empreitada possa ter seu efetivo sucesso”, afirmou.

Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, a Secretaria da Segurança Pública e o Ministério Público estão em contato com os organizadores dos atos para se chegar a um consenso que garanta a segurança de todos e o direito à livre manifestação. A decisão consta do Processo digital nº: 1000553-30.2020.8.6.0228

Talvez você também goste

Mato Grosso

GAECO EM PEDRA PRETA-MT

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), realiza uma operação no município de Pedra Preta-MT (240km de Cuiabá) na manhã deste sábado (20). E cumpre mandados de

Destaques

Deputado Silvio Fávero apoia presidente Bolsonaro em jejum nacional

Fávero declarou que está atendendo ao apelo do presidente Bolsonaro. Neste sentido, vai jejuar pelo Brasil e pelo mundo no próximo domingo

Brasil

Covid-19: mortes no Brasil sobem para 34 e casos confirmados são 1.891

Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil – Brasília O número de mortes decorrentes do novo coronavírus ficou em 34, conforme atualização do Ministério da Saúde publicada hoje (23). Até ontem (22), o número