JUSTIÇA DECLARA   IMPROCEDENTE AÇÃO DE ASSOCIADOS DA SANTA CASA CONTRA ROTARY EM RONDONÓPOLIS

JUSTIÇA DECLARA IMPROCEDENTE AÇÃO DE ASSOCIADOS DA SANTA CASA CONTRA ROTARY EM RONDONÓPOLIS

Uma ação que tramitou na 4ª VARA CÍVEL DE RONDONÓPOLIS, onde cerca de 30 pessoas ajuizaram contra o ROTARY CLUB DE RONDONOPOLIS E DISTRITO 4440. O processo não corre em segredo de justiça e a sentença foi publicada na manhã desta terça-feira (15),e acabou julgada improcedente conforme a decisão do juiz de direito.

O objetivo da ação era exercer seu direito como Associados Efetivos da Santa Casa (participar da próxima Assembleia Geral, votar e ser votado para cargos eletivos), os nomes dos associados que entraram com a ação foram: Ana Paula Silva Beer, Iracema Dinardi Peixoto, Elenice Ballarotti Laurindo, Maria Janice Logrado De Souza, Jerusa Cristhyna Dinardi Peixoto, Graziela Mara Dinardi Peixoto, Carmen Clarice Schneider, Clara Araujo Alves, Douglas Mayo Miranda Chaves De Souza, Geneliza Moreira De Carvalho, Julio Cesar De Oliveira Silva, Gabriela Ballarotti Laurindo Martelli, Kemper Carlos Pereira, Luiz Fernando Homem De Carvalho, Mara Alzira Ferraz Carvalho, Renato Del Cistia, Tania Dorigon Cantuario, Jaeder Carlos Pereira Junior, Eliana De Paula Freitas Raposo De Medeiros, Helena Maria Correa Gonzales, Deolinda Felicidade Valente Muniz, Anibal Manoel Laurindo, Rosimeire Alves De Macedo Kromberg, Jair Sartori Gonzales, Mara Lidia Seixas Rodrigues Jeronimo, Ernando Cabral Machado, Pedro Jacyr Bongiolo, Olavo Aguiar Paiva Filho, Roberto Naves Resende.

No entanto  o entendimento do juiz foi de que o artigo 30 do Estatuto da Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis é claro em prever que o Conselho Diretor e Conselho Fiscal serão eleitos pela Assembleia Geral de Associados, pelo sistema de voto secreto dos Associados do ROTARY CLUBE DE RONDONÓPOLIS, decidindo pela improcedência da ação.

Também consta na decisão que os requerentes da ação devem pagar as custas processuais e os em 20% dos honorários advocatícios, da causa. No entanto ainda cabe recurso da decisão proferida pelo magistrado.

ACESSE A SENTENÇA NA ÍNTEGRA

REDAÇÃO

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

SANTA PROPINA: RESENDE TERIA RECEBIDO R$6,5 MILHÕES, DIZ RIVA

O ex-presidente da assembleia legislativa de Mato Grosso, José Riva entregou um dossiê ao Ministério público estadual e busca um acordo de delação premiada. Entre os citados por Riva, que

Política 0 Comentários

Obras do PAC 1 e 2 estão sendo retomadas pela Prefeitura de Rondonópolis

A Prefeitura de Rondonópolis, através da equipe do Sanear concentrou esforços para garantir a retomada de diversas obras de saneamento do PAC I e II – Programa de Aceleração do

Destaques

“CORRUPTOS E CANALHAS”: SUPOSTO ‘ESQUEMA’ ENTRE PREFEITO E VEREADORES EM MT

O radialista e apresentador aposentado de televisão, Valdemir Costa, da cidade de Rondonópolis, gravou áudios com graves denúncias contra o prefeito José Carlos Pátio (SD) e os vereadores da Cidade.