JUIZ DO DF SUSPENDE DECRETO QUE AUMENTOU IMPOSTO SOBRE COMBUSTÍVEIS

JUIZ DO DF SUSPENDE DECRETO QUE AUMENTOU IMPOSTO SOBRE COMBUSTÍVEIS

A Justiça Federal determinou a imediata suspensão do decreto que aumentou, semana passada, as alíquotas de PIS/Cofins que incidem sobre a gasolina, o diesel e o etanol. A decisão desta terça-feira (25/7) é do juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília. No DF, a medida provocou um reajuste de até R$ 1,05 no preço do litro da gasolina.

Na avaliação do magistrado, o aumento não deveria ocorrer por decreto. A alíquota do PIS/Cofins para a gasolina mais que dobrou, passando dos atuais R$ 0,3816 por litro para R$ 0,7925 por litro. A estimativa de arrecadação com o aumento é de R$ 5,191 bilhões até o fim do ano.

As medidas anunciadas pretendem ajudar o governo a reduzir um rombo de R$ 139 bilhões na meta fiscal deste ano.

 

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

ALARME DE INCÊNDIO DISPARA E CAUSA PÂNICO NO IBIS EM SP

Um alarme falso de incêndio, deixou em pânico os hospedes do hotel IBIS Ibirapuera, localizado na Avenida Santo Amaro em São Paulo-SP. O incidente ocorreu por volta das 4h da

Destaques 0 Comentários

PAULINHO DA FORÇA QUE FOI CITADO NA DELAÇÃO DA ODEBRECHT ASSINA MANIFESTO DE APOIO A LULA

O presidente do Solidariedade e da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, que votou pelo impeachment de Dilma Rousseff e parecia ser mais serio combatente

Destaques 0 Comentários

CODER DESENVOLVE PROJETO DE REESTRUTURAÇÃO EMPRESARIAL

A Coder está desenvolvendo um projeto de reestruturação empresarial que consiste na adoção de medidas cujo objetivo é o de retirar a empresa do vermelho, torná-la competitiva e buscar o

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta