Janot revela que pensou em matar Gilmar Mendes

Janot revela que pensou em matar Gilmar Mendes

Em maio de 2017, a Operação Lava-Jato estava atingindo seu ponto mais alto. O ex-presidente Lula teve a primeira audiência com o juiz Sergio Moro no caso do apartamento tríplex, a Presidência de Michel Temer tremeu após a divulgação de um vídeo que mostrava um deputado puxando pelas ruas de São Paulo uma mala cheia de dinheiro e a delação premiada dos donos da JBS disparou ondas de choque devastadoras contra o mundo político. Houve também um quarto episódio, até agora desconhecido, que por pouco não mudou radicalmente a história da maior investigação criminal já realizada no país.

No dia 11 daquele mês, o então procurador-­geral da República, Rodrigo Janot, o chefe da operação em Brasília, foi a uma sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) decidido a executar o ministro Gilmar Mendes. O plano dele era dar um tiro na cabeça do ministro e depois se matar. A cerca de 2 metros de distância de Mendes, na sala reservada onde os ministros se reúnem antes de iniciar os julgamentos no plenário, Janot sacou uma pistola do coldre que estava escondido sob a beca e a engatilhou.

A revelação foi feita por Janot em entrevista a VEJA. Nela, ele também narra, entre outros episódios, que foi convidado pelo então senador Aécio Neves (PSDB) para ser candidato a vice-presidente da República, que o ex-ministro Antonio Palocci prometeu entregar cinco ministros do STF e que Temer pediu a ele que cometesse o crime de prevaricação.

Redação com VEJA

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

Jovem tem mal súbito e morre indo visitar a mãe

Eduardo Amorim Santos, 27 anos, foi encontrado morto na esquina da casa da mãe, no bairro São Diego, em Tangará da Serra (a 251 km de Cuiabá), por volta das

RONDONÓPOLIS

Prefeito de Juscimeira tem bens bloqueados por ação de improbidade

A partir das denúncias do vereador Adilson Miguel Novaki, o Ministério público estadual ajuizou uma ação civil pública por improbidade administrativa contra o prefeito de Juscimeira – MT (157 km

Mato Grosso

Sicredi lança o Programa Nacional de educação financeira

Com o propósito de cooperar para uma vida financeira sustentável, o Sicredi lança nacionalmente seu programa de educação financeira Cooperação na Ponta do Lápis. Composto por ações planejadas de modo

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta