IMPRENSA ASSUME NOVA FUNÇÃO “FISCAL DE BUNDA”

IMPRENSA ASSUME NOVA FUNÇÃO “FISCAL DE BUNDA”

Nesta segunda-feira (25/03), parte da imprensa descobriu sua nova função ser “FISCAL DE BUNDA”, para não ser tão grosseiro. Uma apelação midiática proporcionada por um jornalismo hipócrita, que pensa apenas em ganhar alguns pontos de audiência, fazendo um apelo sensacionalista de uma situação ocorrida com algumas pessoas na cidade de Rondonópolis.

Tudo por conta do vazamento de um vídeo com cenas de sexo grupal (popularmente conhecido como “suruba”), entre pessoas que seriam moradores de Rondonópolis, e que viralizou no Twitter.

Entendemos que a vida particular de cada um deve ser respeitada, alguns gostam de usar drogas, outros tem opções sexuais um tanto diferente dos padrões, se é que possa se dizer que exista padrão no gosto sexual. No entanto todos devem ser respeitados, naquilo que fazem em seu recinto particular e sob hipótese alguma devem ser reprimidos, pois caso assim o façam estarão entrando em um assunto muito tênue de questões estritamente particulares.

Porém os “fiscais de bunda” a fim de buscar uma crítica ideológica e política, usam de todos os argumentos inclusive os mais baixos, que são os de bisbilhotar a vida particular de cada cidadão.

Não expresso aqui a posição de ser contra ou a favor de determinada opção sexual, até porque pouco importa de o sujeito é hétero ou se classifica como homossexual, o que se exigi é respeito a individualidade e particularidades de cada cidadão.

Se alguém quer ser “fiscal de bunda”, fique à vontade, no entanto não utilize desta opção para dizer que faz jornalismo com ética, pois não passa de puro sensacionalismo hipócrita.
Marreta neles!

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

PORNOGRAFIA: APÓS EXPOSIÇÃO “BIZARRA” DO SANTANDER AGORA É A VEZ DE UM SHOPPING DE CUIABÁ

Após o episodio da exposição promovida pelo Santander “Queermuseu”, na cidade de Porto Alegre-RS e que foi encerrada por ter obras expostas com apologia à pedofilia, zoofilia e ofensas à

Notícias 0 Comentários

NEGLIGÊNCIA A CAUSA DAS TRAGÉDIAS NACIONAIS

Pelo menos 1.774 pessoas morreram ao longo de 12 anos em tragédias que poderiam ter sido evitadas. Foram desastres de avião, enchentes, desabamentos, naufrágios e diversos outros incidentes que talvez

Destaques 0 Comentários

CANTOR SERTANEJO SOFRE ACIDENTE EM CUIABÁ

O cantor sertanejo Daniel Pereira Amorin, da dupla Bruninho e Daniel, e seu pai de 40 anos ficaram feridos após a caminhonete S-10 que estavam capotar, na Rodovia dos Imigrantes,