Impeachment de Witzel começa por unanimidade na Alerj

Impeachment de Witzel começa por unanimidade na Alerj

Foi por unanimidade — 69 votos a zero — que os deputados estaduais do Rio encaminharam a julgamento o governador Wilson Witzel. Acusado de crime de responsabilidade por desvio de dinheiro público, cinco deputados e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça local definirão primeiro se ele deve ser afastado do cargo e, depois, se perderá os direitos políticos. Na próxima terça-feira a Assembleia Legislativa escolherá os parlamentares, enquanto no TJ serão sorteados os desembargadores.

O prazo do processo é de 120 dias a começar de hoje. “Esta casa está em vias de aceitar, pelo visto já é unanimidade, então para que vou tentar me defender”, questionou Witzel por vídeo remoto. “Não posso me defender quando os juízes já previamente manifestaram que vão votar sim no meu processo. Que julgamento é esse?” Witzel é acusado de ter recebido pelo menos meio milhão de reais em contratos falsos do escritório da primeira-dama — dinheiro oriundo da saúde, durante a pandemia. (G1)

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Estudos comprovam tendência esquerdista do Google

Depois de polêmicas envolvendo Facebook e Twitter, é a vez do Google ser questionado por privilegiar veículos e/ou ideais de esquerda com o seu algoritmo. A revelação da estratégia põe

Desemprego no último trimestre de 2019 é o menor desde março de 2016

A taxa de desemprego no último trimestre de 2019 atingiu o menor índice desde março de 2016. Os dados do IBGE mostram que entre outubro e o fim do ano,

Mato Grosso 0 Comentários

DENÚNCIA : PRESTAÇÃO DE CONTAS SOB SUSPEITA NA ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS DA PM DO MATO GROSSO

Uma mensagem que circula nas redes sociais, em grupos de whatsapp denuncia uma suspeita de desvios e consequentemente a prestação de contas da Associação de Cabos e Soldados da Polícia