Igreja Testemunhas de Jeová nega relação com homem que tentou assassinar Bolsonaro

Igreja Testemunhas de Jeová nega relação com homem que tentou assassinar Bolsonaro

A igreja avalia ingressar na Justiça contra o advogado

O departamento jurídico da igreja Testemunhas de Jeová avalia ingressar na Justiça contra o criminalista Zanone Oliveira Junior por ter declarado que foi contratado para defender o agressor de Jair Bolsonaro por uma pessoa ligada à agremiação.

Desde que ele fez a afirmação, a igreja tenta contatá-lo para pedir que diga quem da comunidade paga por seus serviços ou se retrate publicamente.

A avaliação é que o advogado envolveu a imagem da igreja no episódio, ajudando a estigmatizá-la ainda mais. “Abominamos o que o agressor fez”, diz a igreja via assessoria.

A igreja chegou a divulgar nota pública para dizer que “Adélio Bispo de Oliveira (o agressor de Bolsonaro) e sua família não são Testemunas de Jeová ou têm vínculos com ela” e que “lamenta” o ocorrido com o candidato.

Procurado ontem pelo Estadão, Zanone já não é mais tão assertivo quanto aos vínculos do contratante. “É uma pessoa que conhece o Adélio do meio evangélico, não necessariamente Testemunha de Jeová”, disse.

Fonte: Tarciso Morais – Renova Mídia

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Brasil

REFORMA TRIBUTÁRIA|Guedes aperta setor de serviços, por enquanto sem CPMF digital

O ministro da Economia, Paulo Guedes, encaminhou enfim ao Congresso Nacional o que chama de primeira parte da proposta de reforma tributária do governo. A proposta unifica PIS e Cofins,

Destaques 0 Comentários

LULA AFIRMA: PLANO DE GOVERNO DO PT 2018 É CALAR OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

O condenado a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro em processos da Operação Lava Jato na primeira instância, Luiz

Destaques 0 Comentários

Bebê abandonada dentro de sacola com roupinhas em Taguatinga

Investigadores da 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro) solicitaram perícia para identificar quem abandonou uma recém-nascida dentro de uma sacola em uma via pública de Taguatinga. O caso aconteceu nesta quinta-feira (31/10), quando pedestres encontraram

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta