Homem mata colega de trabalho durante festa de aniversário em MT

Homem mata colega de trabalho durante festa de aniversário em MT

Nivaldo Ferreira foi baleado na cabeça e morreu a caminho do hospital. O suspeito do crime é o aniversariante da festa, que fugiu

Um homem de 51 anos, identificado como Nivaldo Ferreira de Queiroz, foi assassinado a tiros durante uma festa de aniversário na tarde deste domingo (13), em Vila Bela da Santíssima Trindade (520 km de Cuiabá-MT). O suspeito do crime é o próprio aniversariante, de 44 anos, que fugiu logo após o crime e ainda não foi encontrado.

De acordo com o boletim de ocorrência, a comemoração estava sendo realizada em uma chácara, localizada na zona rural da cidade. Testemunhas relataram aos policiais que, em um determinado momento, o suspeito chamou a vítima para fora. Em seguida, foram ouvidos três disparos.

Os convidados foram até o local e encontraram a vítima com um ferimento na cabeça. O suspeito do crime foi visto correndo para uma região de mata.

Nivaldo foi socorrido pelos presentes, mas não resistiu e morreu antes de dar entrada na unidade de saúde.

A Polícia Militar foi comunicada do crime e realizou buscas na área para capturar o criminoso, mas ele não foi localizado até o momento.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Circuito Mato Grosso

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

Secretário Gallo “culpa” Governador MT por não ouvir a sociedade sobre projeto do aumento de impostos

A audiência pública realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nesta última segunda-feira (1º), para debater o projeto de lei complementar enviado pelo governo de MT sobre a reinstituição

Notícias

PÉSSIMO EXEMPLO: PREFEITO NÃO USA MÁSCARA PARA VISITAR OBRA EM JUSCIMEIRA

Em meio a pandemia do covid-19, alguns que buscam incessantemente a divulgação de “obras e realizações” nas redes sociais, acabam se descuidando de detalhes importantes. O mau exemplo vem do

Notícias

Advogada alemã que negava existência do Corona Vírus é internada em clínica psiquiátrica

Uma advogada de Heidelberg que se tornou uma espécie de heroína dos negacionistas da pandemia de coronavírus na Alemanha foi detida no último domingo (12) após agir de maneira confusa na rua e agredir

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta