GALLI É O 1º PARLAMENTAR A DENUNCIAR GLEISE HOFFMANN POR APOLOGIA AO TERRORISMO

GALLI É O 1º PARLAMENTAR A DENUNCIAR GLEISE HOFFMANN POR APOLOGIA AO TERRORISMO

O deputado federal Victório Galli (PSL/MT), utilizou a tribuna da câmara dos deputados, em Brasília, nesta quarta-feira (18) e denunciou a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann por apologia ao terrorismo contra as instituições consolidadas da república federativa do Brasil.

A petista gravou um vídeo que foi divulgado pela rede de TV Al Jazeera, onde convoca o mundo árabe para que salvem lula. Foi compreendido que há a intenção de que a mensagem chegue a grupos ligados aos islâmicos e, possivelmente, ao Estado Islâmico. Por consequência, a mensagem poderá ser claramente interpretada como um chamamento, e grupos terroristas poderão agir ou não, uma incógnita paira sobre a questão. O fato é considerado muito grave por autoridades brasileiras, pois não se pode prever o impacto e as proporções da atitude da senadora de extrema esquerda.

O deputado Galli foi o primeiro parlamentar a se posicionar contra as afrontas da senadora petista ao estado democrático de direito no Brasil. Galli solicitou ainda que o conselho de ética do Senado abra processo para apurar quebra de decoro parlamentar e a prática crime de lesa pátria conforme a LEI Nº 7.170/ 83, que define os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, estabelece seu processo e julgamento e dá outras providências.

Art. 8º – Entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil.

Pena: reclusão, de 3 a 15 anos.

A senadora incitou a violência e assim deixa o Brasil vulnerável a um provável ataque terrorista por conta destas atitudes irresponsáveis.

Assista ao vídeo:

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Palocci confirmou que ditador da Líbia financiou campanha de Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cuidou pessoalmente para que o repasse ilegal do ditador líbio Muammar Kadafi à sua campanha, em 2002, não fosse descoberto. A revista Crusoé

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

MORADORES SOLICITAM MELHORIAS EM ACESSO À BR-364

Moradores dos bairros Rui Barbosa e Tancredo Neves realizam verdadeiro malabarismo sobre rodas, para escaparem dos buracos existentes na via de acesso que liga os bairros à BR-364.   Sempre

CÁRMEM LÚCIA E A POLÊMICA DOS SUPERSALÁRIOS DA JUSTIÇA NO MT

Após a polêmica provocada com os altos valores pagos a juízes de Mato Grosso. Quando o juiz Mirko Vincenzo Giannotte, titular da 6.ª Vara de Sinop (MT), recebeu em julho