FUNERÁRIAS DE RONDONÓPOLIS PROCURARAM A CÂMARA DE VEREADORES PARA RECLAMAR DA EMPRESA ECONOMY BRASIL QUE ESTARIA IRREGULAR

FUNERÁRIAS DE RONDONÓPOLIS PROCURARAM A CÂMARA DE VEREADORES PARA RECLAMAR DA EMPRESA ECONOMY BRASIL QUE ESTARIA IRREGULAR

Os empresários, donos de funerárias de Rondonópolis, procuraram o presidente da Câmara de Rondonópolis, vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB), para reclamarem da oferta de planos funerários e seguros de vida feitos por uma empresa irregular, sem alvará e permissão para exercerem a atividade na cidade. Segundo eles, a empresa Economy Brasil solicitou, junto à prefeitura, a permissão para prestar serviço na cidade, mas este não foi autorizado e desde então vem vendendo planos irregularmente.

Na terça-feira (16), durante a ordem do dia da Casa de Leis, os empresários apresentaram aos vereadores a revolta por parte da categoria. Eles alegam pagarem seus impostos assiduamente e estão sendo prejudicados, pois a empresa oferece os mesmo serviços que eles, mas por um valor bem abaixo do cobrado. “Há serviços oferecidos por nós que estão mais baratos que os deles, mas eles vendem o que não podem entregar como o translado de um estado para outro apenas pelo preço da mensalidade. Isso é inviável, estão enganando a população. Além do que, eles não têm condições de entregar isso para o usuário”, explicou Rafael Silva Castilho, proprietário da Funerária Rondonópolis.

Entre os questionamentos feitos pelos vereadores, está o do parlamentar Jailton do Pesque Pague (PSDB), sobre haver ou não interesse dos empresários da cidade em firmar contrato com a empresa, bem como, se houve algum contato com representantes da Economy Brasil. “Precisamos saber quais são os interesses de vocês para nos posicionarmos e defendermos a categoria”, destacou.

“Não queremos nenhum tipo de contato com eles, pois estão irregulares e enganam a população. Queremos apenas que a lei seja cumprida e que os que vierem pra cá, prestem um serviço de qualidade, pagando seus impostos e gerando emprego e renda para o município”, explicou o empresário Celso Castrequine, da Funerária Perpétuo Socorro.

O presidente da Câmara de Rondonópolis convidou os vereadores para fazerem um documento direcionado ao Procurador Geral do Município e ao Ministério Público, solicitando providências com relação ao caso. “É preciso que este caso seja apurado e se, de fato a empresa estiver inapta, deve ser impedida de prestar o serviço na cidade”, concluiu.

Assessoria com Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

LIBERADA DUPLICAÇÃO DE AVENIDA EM RONDONÓPOLIS

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), autorizou a pavimentação de quatro quilômetros da duplicação do prolongamento da avenida Rio Branco,

Notícias 0 Comentários

DC APOSTA EM CLÁUDIO FERREIRA PARA DISPUTAR A PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS

Faltando menos de 12 meses para as eleições municipais, o partido Democracia Cristã (DC) está mobilizando e articulando candidaturas pelo estado de Mato Grosso. O objetivo da legenda é concorrer

Destaques 0 Comentários

GALLI E FAGUNDES FAZEM PLANTÃO EM BRASÍLIA EM BUSCA DE RECURSOS PARA A SAÚDE DO MT

Mesmo com o recesso parlamentar  e após a bancada de Mato Grosso, conseguir a liberação de quase R$ 500 milhões dos recursos do  Fundo das Exportações (FEX). O Senador Wellington

1 Comentário

  1. Brenda
    janeiro 16, 23:35 Responder

    Como a matéria mesmo diz em seu enredo: “Estão sendo prejudicados, pois a empresa oferece os mesmo serviços que eles, mas por um valor bem abaixo do cobrado”
    Gostaria de aqui deixar minha indignação com estas ’empresas’ em questão, senhores empresários vocês oferecem mesmo os mesmos serviços que a Empresa ‘denunciada’?
    Vocês oferecem convênio médico, convênio com dentistas, convênio com farmácias, seguro de vida e assistência funeral nacional? Todos esses benefícios são ofertados por vocês?
    Excelentíssimos, é necessário maturidade para aceitar concorrência.. trabalhem para melhorar o atendimento e o produto ofertado por vocês hoje, se isso ocorrer não sairão também da forte concorrência!
    A sociedade rondonopolitana não consegue entender o porquê asseguram que a Empresa em questão não consegue oferecer translado sem limite de km dentro do território Nacional.. me pergunto se alguém de vocês ou pessoas proxímas já usufruíram de tal benefício.
    Essas tentativas de “sujar” a concorrência acaba refletindo de maneira negativa em suas respectivas empresas. Isso só mostra o quão frágil se encontram. Conheço diversas pessoas inclusive familiares que adquiriram tal benefício nunca ouvi nenhuma reclamação, nunca teve nenhuma exposição negativa nas redes sociais, visto que, antes de me desfazer de um ‘plano’ que acompanhava a mim e minha família a anos pesquisei muito sobre a Empresa em questão, e quem pesquisa sabe o quão sólida, séria e renomada a Economy Brasil é.
    Desculpe minha ignorância, mais ainda falo mais.. quando fui fazer o meu plano deixaram bem claro que é ofertado assistência funeral.. Assistência, não plano.
    Saibam trabalhar de maneira diferente, saiam da zona de conforto, diversifique seu produto assim chamarão cada vez mais clientes.

Deixa uma resposta