EXCLUSIVO: CONSELHEIRO FAZ LEILÃO DE GADO E ´FERE´ O ARTIGO 7º DO TCE DE MT

EXCLUSIVO: CONSELHEIRO FAZ LEILÃO DE GADO E ´FERE´ O ARTIGO 7º DO TCE DE MT

 

Presidente do TCE e realizador do leilão Conselheiro Antonio Joaquim, ex- prefeito de VG casado Wallace Guimarães e o atual Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro

A invejável inclinação do presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso conselheiro, Antônio Joaquim de Moraes Rodrigues Neto, para feitos que apenas Jesus Cristo foi capaz de sacramentar, como o episódio do milagre dos peixes, é um assunto inexplicável para os dias atuais.

O conselheiro mesmo com elementos inquestionáveis, não faz referência à multiplicação do seu patrimônio a partir de quando entrou na administração pública, desde a década de 80, como estagiário do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), no governo Júlio Campos, até hoje, analisando contas públicas no Tribunal de Contas (TCE). Mas, como um cidadão que veio da miséria, mas, precisamente do vilarejo de São João da Baliza – um município paupérrimo – encravado no interior do estado de Goiás, conseguiu evoluir rapidamente seu patrimônio desde quando veio para Mato Grosso?

Mesmo tendo iniciado na administração pública, na década de 80, recebendo apenas um salário mínimo como estagiário do Intermat? Um feito inédito é que só os mágicos e os sortudos conseguem ganhar. Quase 20 anos depois, o conselheiro consegue fazer de seus epítetos incultos uma performance um tanto questionável para ganhar dinheiro, para quem ocupa um cargo tão importante de presidente do Tribunal de Contas do Estado.

Gado sendo Leiloado no leilão da Fazendo Rancho T, comercializado pelo presidente do tribunal de contas Conselheiro Antonio Joaquim

E bota dinheiro nisso. Joaquim – como presidente do TCE – tem botado o ‘bloco na rua’ e feito leilões de gados com uma voracidade tão grande que chega a esquecer-se que representa um Tribunal que analisa contas e que tem suas próprias limitações. Umas delas enraizada na resolução 14 do TCE .(http://(http://www.tce.mt.gov.br/conteudo/sid/10).

O conselheiro que é proprietário da agropecuária Rancho “T` juntamente com sua esposa e filhas, já fez seis leilões de gados e hoje(07/07) realiza o sétimo leilão.  Ao ser questionado – anteriormente – sobre seus rendimentos, o conselheiro afirmou para a imprensa que faz leilões de gado em várias cidades.

Presidente do TCE, Comerciante de gado, realizador de leilões, Conselheiro Antonio Joaquim

Tudo bem que a coerência férrea é um atributo da burrice. Mas ao fazer leilões de gados o conselheiro afronta o artigo 7º do regimento interno do Tribunal de Contas que proíbe que os próprios conselheiros realizem comércio. Conforme o inciso segundo do regimento interno é vedado ao conselheiro do Tribunal de Contas: II-exercer qualquer profissão liberal, emprego particular, ser comerciante, sócio, e gerente ou diretor de sociedades comerciais.

Neste caso, o conselheiro Antônio Joaquim, como sócio da Rancho T Agropecuária, o que fere o artigo 7º, está ´ferindo´ diretamente a própria instituição e o que caracteriza a perda imediata da função de conselheiro.

A rancho T agropecuária, é empresa rural com foco na criação de touros reprodutores Nelore Mocho PO, situada no município de Nossa Senhora do Livramento na Serra das Araras.

O conselheiro comercializa em seu plantel matrizes da Rancho T e na aquisição de novilhas virgens e vacas jovens das empresas agropecuárias de Nelore Mocho do Brasil, como a Carlos Viacava, a Amauri Gouvêa, a Japaranduba, a OB, a de José Humberto Vilela, a de João Carrielo e a Quilombo.

Presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso Antonio Joaquim e o ex-governador e ex-presidiário Silval Barbosa em Leilão Rancho T

 

O sétimo leilão do conselheiro será realizado no recinto de leilões da Acrimat e deve reunir diversos compradores com transmissões pelo canal do boi. As vendas de 200 touros machos pelo conselheiro em seu leilão o fará em um toque de mágica chegar aos milhares de reais e no aumento do seu patrimônio.

Quanto a cumprir o regimento interno da própria instituição que dirige… ah, isso é apenas um detalhe.

 

 

Por: Pedro Ribeiro e Laerte Lannes

Fonte :omatogrosso.com

 

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Mato Grosso 0 Comentários

Relatório anual Socioeconômico da Mulher passa a ser Lei

O objetivo da Lei é reunir em um só documento os dados relativos às condições de vida das mulheres do Estado de Mato Grosso, a fim de servir de parâmetro

Destaques 0 Comentários

A PERSEGUIÇÃO CONTRA BOLSONARO

A polêmica matéria que a revista Istoé edição nº 2501, dedicou a Jair Bolsonaro para tentar destruir a imagem do deputado federal. Repetindo o tom da Veja a” imprensa marrom”

Polícia 0 Comentários

O QUE SE SABE DE VERDADE ATÉ AGORA SOBRE O CASO MARIELLE

Após o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Pedro Gomes, no RJ na noite de quarta-feira (14). O caso começa a ser investigado. A principal hipótese

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta