ENQUANTO COMÉRCIO CUMPRE NORMAS, HÁ AGLOMERAÇÕES E DESCASO SEM FISCALIZAÇÃO EM RONDONÓPOLIS

ENQUANTO COMÉRCIO CUMPRE NORMAS, HÁ AGLOMERAÇÕES E DESCASO SEM FISCALIZAÇÃO EM RONDONÓPOLIS

Em Rondonópolis, desde que o decreto da prefeitura municipal flexibilizou as regras para o funcionamento do comércio e o movimento voltou gradualmente a normalidade, os estabelecimentos tem buscado cumprir as regras de protocolo estabelecidas pela vigilância sanitária.

No entanto o mesmo não acontece, após o horário comercial e o distanciamento social tem diminuído, causando grande preocupação com aumento de casos confirmados de covid-19, muito por conta da falta de cuidado que vem preocupando a Secretaria de Saúde Municipal. Festas, churrascos, aglomerações em casas, bares e chácaras podem gerar agravamento na disseminação da doença e levar o município a endurecer as medidas de prevenção.

Além disso alguns insistem em praticas esportivas de contato como se nada estivesse acontecendo, e  principalmente à noite depois do horário de expediente as praças poliesportivas da cidade tem sido locais de grande concentração, isso sem falar naqueles que realizam caminhadas sem qualquer tipo de proteção como as máscaras, de uso obrigatório.

Praça do Monte Líbano em Rondonópolis

Praça na Av. Goiânia e praça do Monte Líbano em Rondonópolis na noite de terça-feira (19).

Redação

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Escola Sem Partido avança com dificuldade na Câmara

Nesta quinta-feira (22), durante uma comissão especial convocada na Câmara dos Deputados, em Brasília, o deputado Flavinho (PSC-SP), relator do projeto, realizou a leitura do Projeto de Lei do Escola

Destaques 0 Comentários

Conheça a Semana do Brasil

De 6 a 15 de Setembro de 2019 vai acontecer a primeira Semana do Brasil. Um movimento que une o poder público e a iniciativa privada para movimentar nossa economia,

Destaques 0 Comentários

TEMER DIZ QUE NÃO VAI RENUNCIAR

“Não renunciarei. Sei o que fiz”, diz Temer.  Temer afirma que a investigação pedida pelo Supremo vai ser o “território onde surgirão todas as explicações”.  E que em nenhum momento,