ENERGIA SOLAR: BOLSONARO GARANTE  NINGUÉM VAI TAXAR O SOL E PONTO

ENERGIA SOLAR: BOLSONARO GARANTE NINGUÉM VAI TAXAR O SOL E PONTO

Depois de criticar a proposta da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) de taxar a energia solar, o presidente Jair Bolsonaro disse que o governo está trabalhando com a agência para estimular a geração desse tipo de energia sem taxar o usuário. O pronunciamento foi feito pelo Twitter.

“O nosso Governo está trabalhando junto a Aneel para atender ao interesse público nessa questão, ou seja, estimular a geração de energia solar (placas fotovoltaicas), sem taxar o usuário”, frisa.

Bolsonaro justifica que a revisão da metodologia da geração solar já estava definida pela Aneel desde 2015 e que as decisões das agências só podem ser questionadas na justiça.

Em outubro, o presidente já havia criticado a proposta da agência e disse que seria como ‘taxar o sol’. “A Aneel estuda a taxação da energia solar. Tem um entendimento que é diferente do meu. Tá certo que eles entendem. Taxar o sol, ô pessoal, já vai para o deboche. Vai haver uma grande reunião do setor com o Bento (Albuquerque, ministro de Minas e Energia),

“Devemos estimular o consumo sem qualquer taxação”, disse.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

CAOS NA SAÚDE: HOSPITAL DE BARRA DO BUGRES SEM ALIMENTOS E REMÉDIOS

Os funcionários do Hospital Regional de Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá, denunciaram a falta de insumos, alimentos e remédios para atendimento dos pacientes na unidade. O hospital,

Política

Thiago Silva pede investimento em tecnologia na educação de MT contra desigualdade social

O deputado estadual Thiago Silva defende que o Estado possa investir maciçamente em tecnologia para que os estudantes que não possuem internet, seja na zona rural ou na cidade, possam

Destaques 0 Comentários

LAVA JATO: PF CUMPRE MANDADOS NO RIO CONTRA FRAUDES EM TRANSPORTES

Em mais um desdobramento da Operação Lava Jato, a Polícia Federal cumpre, nesta terça-feira (14/11), mandados de prisão, busca, apreensão e condução coercitiva no Rio de Janeiro. Os alvos são

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta