EMPRESÁRIO COMETE SUICÍDIO EM EVENTO COM MINISTRO E GOVERNADOR

EMPRESÁRIO COMETE SUICÍDIO EM EVENTO COM MINISTRO E GOVERNADOR

Um empresário do setor de cerâmica se matou com tiro na cabeça na frente do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, e do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, durante abertura de um seminário sobre o mercado de gás que aconteceria em Aracaju a partir desta quinta-feira, 4.

Segundo relatos de pessoas que presenciaram o suicídio, o empresário Sadi Gitz se levantou após a fala do governador, ameaçou dizer algumas palavras e se matou. Fontes do governo estadual contaram que o empresário era dono de uma fábrica de cerâmica que havia entrado em hibernação, por causa do alto preço do gás. Com isso, ele teria falido.

A indústria de cerâmica Escurial vinha enfrentando dificuldades há algum tempo e atualmente está em recuperação judicial. A empresa passou a consumir gás com pagamento antecipado e há cerca de dois meses paralisou as atividades por falta de condições de caixa.

O governo do Estado de Sergipe lamentou o ocorrido nas redes sociais e informou que o evento foi cancelado. Leia, abaixo, a íntegra da nota pública oficial publicada no Twitter.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

Vereadora Zaira Valandro comenta sobre críticas e afirma estar realizando seu trabalho

Assessoria de Imprensa  A vice- presidente da Câmara Municipal de Nobres, vereadora Zaira Valandro (PSDB), no último dia 13 (sexta- feira) ao discursar na tribuna da Casa de Leis comentou

Mato Grosso

CÂMARA DE JUSCIMEIRA: PRESIDENTE EXPULSA PÚBLICO DA SESSÃO E MANDA FECHAR PORTAS

Na sessão da Câmara Municipal de Juscimeira-MT(158 km de Cuiabá) da sexta-feira (14), uma atitude causo revolta e muita polêmica, algumas pessoas que estavam para assistir a sessão e foram

Destaques 0 Comentários

Instituto Lula fraudou a Receita entre 2011 e 2014

O Instituto Lula já havia sido punido pela Receita Federal por desvio de finalidade em 2011. A entidade sem fins lucrativos foi acusada de lavar a propina das empreiteiras. O

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta