EM ANO DE ELEIÇÃO PEDRO TAQUES É ALVO  DE CPI; QUE INVESTIGARÁ FALTA DE TRANSPARÊNCIA NA DISTRIBUIÇÃO DO FETHAB E FUNDEB.

EM ANO DE ELEIÇÃO PEDRO TAQUES É ALVO DE CPI; QUE INVESTIGARÁ FALTA DE TRANSPARÊNCIA NA DISTRIBUIÇÃO DO FETHAB E FUNDEB.

O deputado Estadual Oscar Bezerra (PSB) leu o requerimento para criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar suspeitas de desvios de finalidade dos recursos dos Fundos de Transporte e Habitação (Fethab) e de Educação Básica (Fundeb), na manhã desta terça-feira (16).

Na ocasião, o deputado também citou o nome de todos os parlamentares que assinaram o documento, como Allan Kardec (PT), Valdir Barranco (PT), Janaína Riva (PMDB), Silvano Amaral (PMDB), Oscar Bezerra (PSB), Romoaldo Júnior (PMDB), Mauro Savi (PSB), Zé Domingos (PSD), Baiano Filho (PSDB) e Zeca Viana (PDT).

Esta é a sexta CPI aberta na atual legislatura, outras cinco passaram pela Assembleia Legislativa do Estado como a CPI dos Frigoríficos, OSS, Copa do Mundo, Incentivos Fiscais e do Ministério Público.
Entretanto, esta é a primeira que afeta diretamente o atual governador, Pedro Taques (PSDB), que vem enfrentando grande desgaste provocado pela crise financeira com atrasos no pagamento do salário dos servidores estaduais, no repasse para saúde e duodécimo para os Poderes.

As primeiras discussões sobre a instauração da CPI, começaram em dezembro de 2017, quando o deputado Oscar Bezerra (PSB) propôs a abertura da comissão, entretanto, na época apenas Allan Kardec (PT) aderiu ao documento.

Agora com a aceitação de uma parcela dos deputados, as investigações devem prosseguir.
No pedido de abertura da CPI, o documento traz informações de que os prefeitos do Estado têm dificuldades em ter acesso ao Fethab.

“Em que pese o esforço de diversos prefeitos em conseguir informações sobre os repasses, suas intenções fadaram-se na burocracia e decepção”.
Já sobre o Fundeb, o requerimento cita que o Governo não está sendo transparente nos montantes arrecadados e a sua distribuição.

Redação com Mato Grosso Mais

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

PREFEITURA EMITE NOTA SOBRE CASO DA VIATURA DA SETRAT ESTACIONADA EM CIMA DA CALÇADA

Sobre a matéria publicada no site Marreta Urgente nesta quinta-feira (16), a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat) informou que está tomando todas as providências cabíveis para tratar o

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

PROJETO SAMUZINHO ENTRA EM AÇÃO

O projeto Samuzinho será aplicado em Rondonópolis, nesta segunda feira (3) o coordenador médico Dr. Wellington Milhomem de Brito reuniu educadores, Bombeiros Civis, Polícia Militar e equipe do SAMU para

Notícias 0 Comentários

POLÍCIA INDICIA 17 PESSOAS POR AVISO DE “BLITZ” EM GRUPO DE WHATSAPP NO RS

Os Motoristas que usam aplicativos de mensagens e redes sociais para avisar os locais de blitz de trânsito poderão ser punidos com até cinco anos de cadeia. Uma investigação realizada em

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta