Dois alunos da Escola Municipal Princesa Isabel são semifinalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa

Dois alunos da Escola Municipal Princesa Isabel são semifinalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa

A Escola Municipal Princesa Isabel de Rondonópolis tem dois alunos semifinalistas da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa. Um dos semifinalistas é o estudante Luiz Felipe Cândido Pires, que concorre na categoria memórias literárias – direcionada para alunos dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental – com texto de título “Muleque, vem prá dentro”. A outra semifinalista é aluna Eloísa Queiroz Mallmann, concorrente da categoria crônica – para estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental – por meio do texto de título “Futuro esquecido”. Os dois semifinalistas são alunos do professor Senio Queiroz de Faria.

Os textos dos alunos Luiz Felipe e Eloísa estão entre os 569 selecionados para a etapa nacional, após escolha da Comissão Julgadora Estadual, criada pela Secretaria de Estado de Educação. O resultado desta etapa foi divulgado na última sexta-feira (11) e os estudantes classificados passam por nova avaliação entre os dias 23 de outubro e 19 de novembro, quando, durante a etapa nacional serão escolhidos os 173 finalistas entre estudantes de escolas públicas de todo o país.

O resultado final da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa será divulgado em 28 de novembro, quando serão escolhidos os 28 textos vencedores, depois de concluídas todas etapas de julgamento. E, em 9 de dezembro será realizado um evento de premiação aos ganhadores.

A olimpíada

A 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é um projeto nacional promovido por meio de parceria entre o Ministério da Educação, Itaú Social e Cenpec Educação com o objetivo principal de contribuir para o ensino-aprendizagem da leitura e escrita, aprofundando os conhecimentos dos alunos de escolas públicas brasileiras, sejam elas federais, estaduais ou municipais.

A olimpíada é dividida nas categorias poema, que concorrem alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, memórias literárias, para alunos dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental, crônicas, com a participação dos alunos do 8º ano do Ensino Fundamental, documentário, para alunos dos 1º e 2º anos do Ensino Médio e artigo de opinião, com alunos do 3º ano do Ensino Médio.

O tema abordado pelos alunos em todas as categorias nesta edição é ‘O lugar onde vivo’, uma iniciativa que busca que os estudantes valorizem os aspectos da cultura local, resgatando histórias, estreitando os vínculos comunitários, se aprofundando no conhecimento sobre a realidade e assim, desenvolvendo cidadania.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Brasil

Gaeco deflagra operação contra esquema no Centro de Ressocialização; policiais penais são afastados

A “Operação Cárcere”, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) nesta quarta-feira (29), no município de Sorriso, resultou no cumprimento de nove mandados de busca e

Brasil

Em um mês, Maria perde cinco membros de sua família do Covid-19

Em menos de um mês, Maria Nunes Sinimbu, de 76 anos, viu cinco membros de sua família, incluindo três de seus filhos, mortos por um coronavírus que está causando estragos

Destaques

JARDINEIRO SOLITÁRIO| Claudio Ferreira perde apoio e Delegado Claudinei entra na disputa

Durou pouco mais de 24 horas o apoio do PSL a pré-candidatura do paisagista e biólogo, Claudio Ferreira do Democracia Cristã (DC). Na terça-feira (28), uma reunião do seu partido

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta