Deputado Silvio Fávero se reúne com parlamentares em busca de medidas de contingenciamento por conta do coronavírus

Deputado Silvio Fávero se reúne com parlamentares em busca de medidas de contingenciamento por conta do coronavírus

O deputado Silvio Fávero participou presencialmente de uma reunião emergencial que ocorreu nesta segunda-feira, 23, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), visando estabelecer medidas que beneficiarão o enfrentamento ao coronavirus, causador da CoVID-19, assunto que tem gerado inúmeras preocupações em todos os ramos e setores do país. Apesar dos casos ainda não serem alarmantes no estado de Mato Grosso, para que isso não se potencialize, são necessárias ações preventivas, e o parlamentar e a Casa de Leis estão comovidos com a atual fase que o país vive.


Iniciativas como pensar no aumento dos gastos com energia elétrica e a situação dos caminhoneiros que seguem abastecendo o nosso estado são as principais preocupações de Silvio. “O ICMS em cima da energia elétrica é uma grande preocupação, pois é um período em que as pessoas irão usar bastante, por estarem em casa, o que automaticamente aumentará o valor, então precisamos pelo menos diminuir a alíquota”, ressaltou Silvio.


Com relação aos caminhoneiros, o deputado busca uma ação visando manter a alimentação daqueles que estão rodando nas estradas durante este período, pois em razão da fase do coronavirus, os restaurantes estão fechando por medo da contaminação, deixando-os à mercê nesse ponto.
“Precisamos ter consciência e responsabilidade em cima da nossa população”, finalizou o deputado.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Saúde

Risco de epidemia cruzada de coronavírus e dengue impõe pressão extra à saúde pública

Se os efeitos do novo coronavírus (COVID-19) ainda são um mistério no país, a dengue, velha conhecida dos brasileiros, mostra sua força. Há mais notificações da doença transmitida pelo mosquito Aedes

Pastor é preso acusado de estuprar e engravidar a enteada de 15 anos

Um pastor evangélico de 57 anos foi preso na tarde desta terça-feira (3/9), em Goianira, acusado de estuprar e engravidar a enteada de 15 anos. Conforme as investigações, os abusos ocorriam

Destaques 0 Comentários

TEMER DIZ QUE NÃO VAI RENUNCIAR

“Não renunciarei. Sei o que fiz”, diz Temer.  Temer afirma que a investigação pedida pelo Supremo vai ser o “território onde surgirão todas as explicações”.  E que em nenhum momento,