Deputado Esquerdopata “PTISTA” confessa ignorância, e acusa Bolsonaro

Deputado Esquerdopata “PTISTA” confessa ignorância, e acusa Bolsonaro

O Deputado estadual  Barranco do PT-MT, afirmou em plenário que não assistiu ao vídeo em que Bolsonaro acusa a Rede Globo de canalhice, em ligar seu nome ao Caso Marielle, afirmou que não estava por dentro do assunto, mas preferiu comprar a narrativa contra Bolsonaro e, sorridente, fez palanque usando a bandeira da Marielle.

Bolsonaro estava em Brasília, não poderia estar no Rio de Janeiro para receber em sua casa, quem quer que seja.

O esquerdista Barranco (PT) defende a inocência de Lula, que está condenado. Mas repercute notícias falsas e criminosas contra Bolsonaro ao caso Marielle.  Valdir Barranco como todo deputado esquerdopata e petista, é defensor de um condenado, pelo despreparo, confirma sua mentalidade contra o Brasil, sua postura politiqueira e acusa Bolsonaro de ligação com o caso Marielle.

Marielle é só um palanque político, nunca estiveram preocupados com sua família ou com a violência que assolou o Brasil durante todos os governos do PT, no Brasil. A preocupação é vender Placas da Marielle.

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Política 0 Comentários

Sobrinho de Galli, assumidamente gay, sai em defesa do tio no caso de “homofobia”

O sobrinho do ex-deputado federal Victório Galli, Valdinei Galli que é homossexual declarado, repudiou através de uma publicação em sua perfil no Facebook as acusações infundadas atribuídas ex-parlamentar sobre homofobia.

Notícias 0 Comentários

BAIRROS DE RONDONÓPOLIS RECEBEM NOVA SINALIZAÇÃO

A equipe de manutenção e sinalização de trânsito de Rondonópolis trabalha nesta quarta-feira (27) na pintura da sinalização horizontal e manutenção da sinalização vertical no bairro Jardim Liberdade. Após fazer

Notícias 0 Comentários

EXCLUSIVO: CONSELHEIRO FAZ LEILÃO DE GADO E ´FERE´ O ARTIGO 7º DO TCE DE MT

  A invejável inclinação do presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso conselheiro, Antônio Joaquim de Moraes Rodrigues Neto, para feitos que apenas Jesus Cristo foi capaz de sacramentar,