DE QUEM É A RESPONSABILIDADE DA GRAMA SECA EM RONDONÓPOLIS

DE QUEM É A RESPONSABILIDADE DA GRAMA SECA EM RONDONÓPOLIS

Após a circulação em redes sociais de fotos onde um carregamento de grama tipo esmeralda totalmente seca foi plantada em Rondonópolis, a reportagem do Marreta Urgente buscou aprofundar as informações e as responsabilidades sobre o fato.

Grama seca sendo plantada em Rondonópolis

Segundo as informações obtidas a carga de cerca de 2mil m2 de grama esmeralda foi enviada pela empresa JOÃO PAULO FANINI DOURADINHO – EPP, que tem um contrato com a prefeitura municipal de Rondonópolis para fornecimento da grama.

Diretor de Urbanismo da Coder, Oderly Marim de Abreu, o” Xaxim”

O Diretor de Urbanismo da Coder, Oderly Marim de Abreu, o” Xaxim” contrariando os procedimentos, recebeu a carga de grama seca, sem a presença do fiscal do contrato e somente comunicou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), após a grama estar sendo plantada.

João Fernando Copetti – Secretário Municipal de Meio Ambiente,

Segundo o Secretário Municipal de Meio Ambiente, João Fernando Copetti Bohrer, as medidas internas e legais sobre o ocorrido já foram tomadas e garantiu que mesmo que a grama seca ainda possa brotar e não ser totalmente perdida, não é procedimento legal receber um material em que não esteja perfeita condições. A empresa vai substituir a carga de grama seca.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Enem é aceito em 42 instituições de ensino portuguesas

O Instituto de Estudos Superiores de Fafe (IESFafe), de Portugal, passará a usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na seleção de brasileiros para os cursos de

Polícia 0 Comentários

Ladrões sequestram família de gerente e roubam agência do Sicredi

A agência do Banco Sicredi de Confresa (1160 km de Cuiabá) foi alvo da ação de bandidos na manhã desta terça-feira (26). A quadrilha realizou o roubo na modalidade conhecida

Destaques 0 Comentários

CORREIOS À BEIRA DA FALÊNCIA REPASSAM 900 MIL EM PATROCÍNIO ESPORTIVO

Guilherme Campos deixou o comando dos Correios, para tentar a reeleição como deputado federal por São Paulo. No entanto Guilherme não sai da sala da Presidência da estatal. Esteve por

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta