CRIME DE INJÚRIA RACIAL: SUPERINTENDENTE DO CRECI MT É INVESTIGADO PELO MP

CRIME DE INJÚRIA RACIAL: SUPERINTENDENTE DO CRECI MT É INVESTIGADO PELO MP

Raely Pereira Pestana – denunciou o superintendente do CRECI MT por Crime de injúria Racial. Foto : Arquivo pessoal

A corretora de imóveis, Raely Pereira Pestana de 34 anos que trabalha no CRECI-MT da 19ª região, denunciou o superintendente Gelson Esio Smorcinski a justiça por crime de racismo.

O caso ocorreu na data de dia 11 de setembro de 2018, quando o superintendente do CRECI- MT da 19º região, Sr. Gelson teria lhe tratado com desrespeito no seu emprego, na oportunidade em que a corretora foi escolhida por sua eficiência para fazer um serviço fora do órgão, o superintendente teria dito que seu cabelo não estava apto para o local de trabalho.

Em outra oportunidade Raely entrou em férias, e o superintendente teria afirmado pelos corredores da entidade, que ela havia saído de férias sem concluir um serviço e por este motivo iria lhe aplicar uma advertência.

Segundo Raely, é prática recorrente de seu superior tratar outras pessoas com falta de respeito. No dia do ocorrido o superintendente deu uma ordem para que a auxiliar da secretaria realizasse outras funções, deixando o setor de Raely sobrecarregado, o que gerou uma discussão entre ela e o superintendente. Neste dia Raely teve um mal súbito e desmaiou, por conta do stress provocado pela situação acabou recebendo atendimento na upa MORADA DO OURO em Cuiabá.

O caso está sendo investigado e o ministério público pediu o indiciamento de GELSON ESIO SMORCISNKI por CRIME DE INJÚRIA RACIAL, calúnia e difamação.

 

 

 

As informações constam no BOLETIM DE OCORRÊNCIA – N°: 2018.289436

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

PREVISÃO DO TEMPO: EM RONDONÓPOLIS OS TERMÔMETROS PODEM MARCAR 10°C

As temperaturas vão baixar nesta segunda-feira (19), é o que dizem as previsões do CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), ligado ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas

Notícias 0 Comentários

PAGAMENTO CANCELADO: CNJ NÃO AUTORIZOU” SALÁRIOS VULTOSOS” A JUÍZES DE MATO GROSSO

O corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, esclarece que não houve autorização por parte da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para pagamentos de valores vultosos

Notícias 0 Comentários

PROJETO DEFINE QUE RECURSOS DE MULTAS DEVEM SER USADOS EM EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO E CICLOVIAS

O vereador Thiago Silva (MDB), apresentou na Câmara Municipal um Projeto de Lei que tem a finalidade de destinar recursos oriundos de multas para projetos voltados para a educação no