COVID-19 – Soluções desenvolvidas por empresas catarinense,  inovam as formas de detecção na tentativa de bloquear a disseminação do vírus

COVID-19 – Soluções desenvolvidas por empresas catarinense, inovam as formas de detecção na tentativa de bloquear a disseminação do vírus

Roupa, sapato, carteira, celular … máscara e álcool gel. A preparação e rotina para sair de casa em tempos de pandemia é bem diferente da qual estávamos acostumados. Deixar o isolamento social para realizar serviços essenciais é sempre tarefa tensa e de muita preocupação por causa do risco de contágio.

Agora, imagine poder sair com a proteção facial, vestido e calçado com tecidos e materiais que, ao entrarem em contato com o novo coronavírus, consigam eliminá-lo. Assim como a tinta com a qual as paredes de um ambiente foram pintadas, o interior de um carro, ônibus, ou o filtro usado pelo aparelho de ar condicionado deste local. Parece ficção, mas essa tecnologia, ou melhor, nanotecnologia, já existe, é manezinha e tem chamado a atenção do mundo todo.

Incubada na Celta, no parque Alfa, em Florianópolis, a empresa TNS, especializada em soluções para criação de produtos antimicrobianos, desenvolveu um produto que utiliza nanopartículas de prata para eliminar a propagação de diferentes vírus, nos mais diversos meios. Essas partículas são incluídas nos fios do tecido ou no produto, que passa a funcionar como um escudo antiviral.

A solução já é comercializada para indústrias, como a automotiva e têxtil. De acordo com o processo utilizado para higienização de uma roupa após o uso, por exemplo, o produto pode perdurar na vestimenta depois de 20 a 70 lavagens.

Segundo o diretor geral da empresa, Gabriel Nunes, além de inativar o vírus, o produto auxilia na inibição e replicação de bactérias que podem ser possíveis células hospedeiras para o vírus. Ele explica que a ideia começou a ser colocada em prática assim que a pandemia teve início e, em março, já saíram os primeiros resultados.

“Hoje o nosso desafio não é fazer o produto, mas, com as novas demandas, é como atender as diferentes leis e regras de cada país para onde exportamos”, afirma. Para junho, a empresa já tem cinco toneladas de produção.

Redação com Ndmais

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Visando fortalecer apoio aos microempreendedores prefeitura assina Termo de Parceria

A Prefeitura de Rondonópolis tem desenvolvido esforços para estimular à expansão de microcrédito, visando o surgimento, o desenvolvimento e a consolidação de pequenos empreendimentos. Com isso, promover a geração de

Saúde

Como o coronavírus é transmitido e por quanto tempo ele resiste por aí

Gotículas de saliva, espirros, acessos de tosse, contato próximo e superfícies contaminadas… Dá para resumir assim as principais vias de transmissão do novo coronavírus, causador da Covid-19. Um estudo americano recém-publicado no respeitado

Brasil

DIA NACIONAL DO BOMBEIRO – Homenagem aos que dão a própria vida por muitas outras vidas

Era apenas mais uma criança que, como muitas outras, brincava e sonhava com o futuro. Seu brinquedo preferido era um pequeno caminhão vermelho, com escadinhas e mangueiras: réplica daqueles que