COVID-19 – Morre pastor líder de igreja evangélica em Cuiabá

COVID-19 – Morre pastor líder de igreja evangélica em Cuiabá

O vice-presidente da Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus (COMADEMAT), estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular para tratamento da COVID-19

Morreu o pastor Rubens Siro de Souza, na manhã desta sexta-feira (03), ele era vice-presidente da Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus (COMADEMAT), estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular para tratamento da COVID-19 e não resistiu.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, lamentou a morte do religioso. “É com muito pesar que recebo essa notícia, Cuiabá perde um grande líder religioso, que dedicava sua vida a caridade e temência a Deus. Esteve conosco abençoando a inauguração simbólica da UPA do Verdão, onde muitos estão lutando pela vida neste momento e infelizmente, não resistiu. Que Deus o receba e conforte os que ficam”, declarou o prefeito de Cuiabá.

Pastor Rubens estava internado desde o última dia 25 de junho e faleceu nesta sexta-feira (03), aos 68 anos. Seu pai, o pastor Sebastião Rodrigues de Souza também encontra-se internado em tratamento da COVID-19. Sua mãe, a pastora Nilda Paula também foi hospitalizada, mas testou negativo para o vírus.

Cenário MT

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Justiça proíbe Eder Moraes de atuar em estatal por falta de idoneidade moral

A Justiça de Mato Grosso proibiu o ex-secretário Eder de Moraes Dias de ocupar qualquer cargo de direção na Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (Desenvolve MT). A

Mato Grosso 0 Comentários

GOVERNADOR PEDRO TAQUES VISITA RONDONÓPOLIS E TENTA REVERTER ALTA REJEIÇÃO

Na tentativa de reverter a alta rejeição que possui na região de Rondonópolis MT, o candidato a reeleição para o governo do estado de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), visita

Economia

Frente Nacional Pró-Vírus não quer que o país volte a trabalhar

Por J.R. Guzzo O público pode se preparar porque vem artilharia grossa por aí — um esforço concentrado, por parte das tropas da “Frente Nacional Pró-Vírus”, para retomar a iniciativa na