COVID-19 – Jovem de 24 anos morre após passar 15 dias na UTI

COVID-19 – Jovem de 24 anos morre após passar 15 dias na UTI

Uma jovem de 24 anos é a oitava vítima da Covid-19 em Mato Grosso. Juliana Matsushita era sobrinha do prefeito de Cáceres, Francis Maris e, de acordo com ele, ela estava internada há 15 dias na UTI do Hospital São Luiz, no município, localizado a 217 km de Cuiabá. 

Juliana testou positivo para a doença há cerca de duas semanas e morreu na tarde de hoje (23). 

Conforme o prefeito, a jovem morava em Mirassol d’Oeste. A família suspeita que ela tenha sido infectada pelo novo coronavírus na cidade, já que não fez nenhuma viagem nos últimos dias.

Juliana chegou a fazer um teste para Covid-19 no município ondem morava, mas o exame deu um falso negativo. 

De acordo com Francis, um novo teste foi realizado no Hospital São Luiz e comprovou a doença. “Quando deu entrada no hospital, levaram ela direto para a UTI. Não tinha nenhuma doença, mas era obesa, teve uma parada cardíaca”. 

O prefeito explicou que a família não poderá velar o corpo de Juliana, que será enterrada em caixão lacrado, seguindo os protocolos do Ministério da Saúde. A assessoria do Hospital São Luiz confirmou óbito. Novas informações ainda serão divulgadas pela unidade em boletim. 

SES é notificada

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), em nota, informa que foi notificado da morte da jovem em Cáceres na tarde desta quinta (23), confirmando ser esta a oitava morte no Estado.

“Residente de Mirassol D’Oeste, a paciente estava internada em Cáceres, município que notificou o óbito ao Estado. As informações oficiais sobre o óbito constarão em Boletim Informativo desta sexta (24), disponível a partir das 17h”, diz a nota.

De acordo com o Boletim Informativo da SES, as outras mortes causadas em decorrência da Covid-19 em Mato Grosso envolveram residentes dos municípios de Cuiabá, Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Cáceres, Aripuanã e Barra do Garças.

Redação com RD News

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

PRESO RECEBE TORNOZELEIRA ELETRÔNICA E MINUTOS DEPOIS ROUBA E MATA IDOSA

Um ex-presidiário de 25 anos não precisou caminhar mais de 50 metros antes de cometer o primeiro crime após colocar tornozeleira eletrônica e ganhar liberdade provisória, nesta quarta-feira (20), em Curitiba. O

Notícias

Turismo brasileiro registra queda de 54,5% em abril, aponta IBGE

Com a restrição da circulação de pessoas em boa parte do país, o setor de turismo foi um dos mais afetados pela pandemia do coronavírus. Dados do Instituto Brasileiro de

Notícias 0 Comentários

BOLSONARO OU HADDAD: QUEM FOI MELHOR NA ENTREVISTA DO JN

O primeiro ato concreto de campanha dos dois presidenciáveis foi conceder entrevistas ao vivo no Jornal Nacional, ontem à noite. Ambos moderaram o discurso, fizeram uma apresentação e responderam a