COVID-19 – Evangélico morre  em Cuiabá e pastores seguem em estado grave

COVID-19 – Evangélico morre em Cuiabá e pastores seguem em estado grave

A União de Mocidade das Assembleias de Deus de Cuiabá e Região (Umadecre) usou seu perfil nas redes sociais nesta quarta-feira (1º de julho) para comunicar a morte do jovem José Júnior, de 30 anos, conhecido como Jhotinha. Ele foi mais um morador da Capital vítima da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O vereador por Cuiabá, Abílio Júnior, o Abilinho (Podemos), também compartilhou a publicação e lamentou o falecimento do rapaz, integrante da igreja que ele participa, a Assembleia de Deus. “Meus sentimentos a família, igreja, amigos”, postou o parlamentar.

Em seu perfil, a Umadecre postou o seguinte comunicado: “É com pesar que nessa manhã anunciamos que o jovem, companheiro, e componente do Conjunto Gideões Da Última Hora da Regional 3, José Júnior Jhothinha faleceu na madrugada de hoje vítima do (covid-19)”.

A publicação também destacou algumas características de Jhotinha que era bastante querido no meio evangélico onde atuava. “Ele sempre foi um bom amigo, sempre disposto a ajudar quem precisasse, foi também líder do círculo de oração jovem, sempre buscando fazer o melhor para Deus. Que os céus lhe receba de braços abertos. Que Deus console os amigos, os familiares e também sua noiva!”. 

Diversos seguidores fizeram comentários enaltecendo qualidades do rapaz e transmitindo palavras de conforto aos familiares e amigos. 

PASTORES

Em outro comunicado, postado há dois dias, a Umadecre informou aos seguidores da página no Instagram que dois pastores da Assembleia de Deus estão internados em leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). 

“Queridos e amados irmãos segue comunicado oficial sobre o estado de saúde do Pastor Sebastião Rodrigues de Souza e Pastor Rubens Siro de Souza. Pastor Sebastião permanece na UTI, e não está intubado, seu estado clínico está temporariamente estável. Pastor Rubens Siro segue na UTI intubado, seu quadro clínico é estável”, diz a publicação. 

Os dois pastores são, respectivamente, avô e tio de Abilinho. Nesta quarta-feira, o parlamentar fez uma transmissão em suas redes sociais (live) pedindo oração para eles. 

Conforme Abilinho, a situação é grave, pois o avô tem quase 90 anos e o tio 68, ou seja, ambos integram o grupo de risco para complicações mais graves em caso de infecção pelo coronavírus. 

Abilinho pediu para as pessoas não se reunirem em nenhum lugar e nem ir para frente do hospital fazer orações evitando exposição e contaminação pela doença. “Acredito num Deus que vai nos atender onde estivermos”, disse Abilinho ressaltando que se vier a ser infectado precisará da rede pública já que não tem plano de saúde privado.

AVANÇO DO CORONAVÍRUS

Dados atualizados pela Secretaria Estadual de Saúde apontam que Mato Grosso já registra, oficialmente, 17.401 casos de coronavírus e 665 mortes em decorrência da covid-19. Em Cuiabá são 4.190 pessoas infectadas e 304 mortes, das quais 194 eram moradores locais e outros 110 vítimas moravam em outras cidades, mas morreram na Capital. 

Depois vem Várzea Grande com 1.379 registros de covid-19 e 134 mortes. O terceiro município com mais registros da doença é Rondonópolis que contabiliza 1.287 casos e 49 óbitos.

Redação com Folha Max

Talvez você também goste

Mato Grosso 0 Comentários

PAIS PODEM SE CADASTRAR ATRAVÉS DE 0800 E RECEBER INFORMAÇÕES DA FREQUÊNCIA DOS FILHOS

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e a Mira Educação disponibilizaram o número 0800-8787-900 para que pais e responsáveis de alunos matriculados em escolas da rede

Notícias 0 Comentários

JUSTIÇA SUSPENDE VERBA INDENIZATÓRIA DOS VEREADORES DE PVA DO LESTE

A juíza da  4ª vara cível de Primavera do Leste -MT (244 km de Cuiabá), deferiu a liminar de uma ação popular impetrada pelo cidadão JACÓ PEDRO SCHEUER, representado pelo

Notícias

REINALDO MORAIS: “3 SENADORES EM 1”

O candidato ao Senado de MT,  Reinaldo Morais (PSC), esteve em Rondonópolis na sexta-feira (9), para lançamento da coligação  “Muda Mato Grosso” (PSC e PRTB), que tem como 1ºsuplente o