COVARDIA DELIBERADA, ESTRATÉGIA ACERTADA OU INGENUIDADE DE BOLSONARO

COVARDIA DELIBERADA, ESTRATÉGIA ACERTADA OU INGENUIDADE DE BOLSONARO

Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência pelo PSL, publicou no Facebook um vídeo pedindo que a categoria dos caminhoneiros volte ao trabalho. Bolsonaro, em tom republicano demonstrou autoridade, defendeu o fim da paralisação dos caminhoneiros.

Bolsonaro diz que a paralisação dos caminhoneiros já chegou ao seu extremo e precisa ser encerrada.

“Quem aposta no pior é essa esquerda comunista”, afirma.

No entanto, o nome de Bolsonaro tem sido associado a lideranças do movimento dos caminhoneiros devido à presença de apoiadores dele e de defensores de uma intervenção militar [intervenção não é ditadura] entre os manifestantes.

Considerando que o governo não resolveu o problema, como de costume, evita cortes de gastos e cortes de impostos, optando por mais subsídios e mais impostos no lombo dos brasileiros, além do risco iminente de uma fraude eleitoral, por meio das famigeradas urnas eletrônicas; Bolsonaro foi covarde, mal orientado ou ingênuo?

Como uma balde de água fria, acalmou aqueles que buscavam uma mudança radical no sistema de governo. As mudanças desejadas eram: o fim das concepções socialistas e do agigantamento estatal; diminuição de impostos no país; que os caminhoneiros conseguissem trabalhar sem serem sufocados pela alta carga tributária. Então, Bolsonaro se afastou da realidade?

Muito provavelmente, Churchill se envergonharia da atitude de Bolsonaro. O primeiro-ministro britânico, jurou jamais se render frente às forças do nazismo; Churchill foi o grande líder e o verdadeiro campeão da resistência contra a opressão do nacional socialismo de Hitler. Basta ver sua biografia, ou mesmo, algumas de suas famosas frases e pensamentos.

Segundo o analista político Manoel Carlos, a estratégia de Bolsonaro não dará certo, pois há uma barreira chamada urna eletrônica, e essa barreira não foi superada: “Bolsonaro mostrou ter mais autoridade que o presidente da república, Michel Temer, ‘talquei’.

Por outro lado, o debate suscitado pelos caminhoneiros foi uma amostra grátis do mal causado pelos socialistas ao Brasil nos últimos 30 anos. E, agora o debate se encerra, caso os caminhoneiros encerrem a paralisação, e nada mudou no país. A política de diminuição de impostos não será implantada, a política costumeira de aumento de impostos e dos famosos subsídios, continua. Para piorar, está tudo armado para que a PEC dos comprovantes de papel nas urnas, de autoria de Bolsonaro, não seja implantada.

Logo, nem os caminhoneiros, nem a população e muito menos o Bolsonaro conseguiram uma saída vitoriosa dessa situação”, destacou o analista conservador, Manoel Carlos.

“A estratégia dele, como já disse, foi dizer para a população que ele [Bolsonaro] tem o poder e maior autoridade que o próprio presidente da república, ao apresentar-se como um estadista. Mas, Bolsonaro esqueceu: com essas urnas eletrônicas e com o ‘establishment’ dando as cartas,Bolsonaro não será presidente. Quem contará os votos definirá o próximo presidente”, concluiu o analista político.

Bolsonaro, que lidera as pesquisas de intenção de voto nos cenários sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, afirmou que o governo do presidente Michel Temer tem agido de forma “covarde” ao trabalhar para responsabilizar os caminhoneiros.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

SARGENTO FAHUR: TERROR DA BANDIDAGEM E SÍMBOLO DA NOVA POLÍTICA

Gilson Cardoso Fahur, já foi o terror da bandidagem quando atuava como Sargento da Policia rodoviária estadual do Paraná (atualmente na reserva). Agora como deputado federal Sargento Fahur(PSD) vai fortalecer

Notícias

Perícia detecta inibidor de apetite em adolescente encontrada morta em estado de decomposição

Laudo elaborado pela Gerência de Perícias em Toxicologia Forense da Politec detectou a presença de um medicamento de uso restrito no Brasil utilizado como inibidor de apetite, no corpo da

Destaques 0 Comentários

Polícia Civil prende 2 que utilizavam aplicativo de refeições para comercializar drogas

Dois homens, que utilizavam aplicativo de refeições para comercializar entorpecentes, foram presos pela Polícia Judiciária Civil, no final da tarde de quarta-feira (30.10), em Cuiabá, durante diligências para averiguar denúncia

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta