Comitê de Gestão de Crise reforça medidas do decreto estadual em Rondonópolis

Comitê de Gestão de Crise reforça medidas do decreto estadual em Rondonópolis

A reunião do Comitê de Gestão de Crise, na Prefeitura de Rondonópolis finalizada na manhã deste sábado (23) decidiu avançar na a observação de todos os cuidados preventivos necessários para se evitar a contaminação da Covid19

Diante disso, a Prefeitura vai publicar novo decreto, que acompanhe o Decreto do governo do estado de Mato Grosso Nº 783 DE 14/01/2021 Com observações para

Art. 3º Independente da classificação de risco prevista no Decreto nº 522, de 12 de junho de 2020, fica proibida por 45 (quarenta e cinco) dias, a realização de eventos sociais, festas, shows, atividades em casas noturnas e confraternizações com mais de 100 (cem) pessoas em espaços privados ou públicos, inclusive o uso de logradouros públicos, onde haja aglomeração e consumo de bebidas alcoólicas.

Parágrafo único. Os eventos corporativos, assim entendidos aqueles organizados por instituições públicas ou privadas, devem respeitar as regras sanitárias e distanciamento social previstos no Decreto nº 522, de 12 de junho de 2020.

Art. 4º Independente da classificação de risco prevista no Decreto nº 522, de 12 de junho de 2020, fica recomendada a permissão de atividades em bares, restaurantes e congêneres, dentro do limite de público sentado, respeitando a 50% (cinquenta por cento) da capacidade máxima do local, tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5m (um metro e meio) entre as mesas/assentos.

Além de aumentar as fiscalizações nas medidas necessárias para a segurança da população ante à pandemia de coronavírus.

Redação

Talvez você também goste

Destaques

MORO ANTECIPOU O “FIM DA LAVA JATO”, AO ACEITAR MINISTÉRIO

“A Operação Lava Jato foi o principal evento político do Brasil na década de 2010. O Brasil de hoje foi em grande parte moldado por uma operação criminal deflagrada em

Mato Grosso 0 Comentários

VERGONHA NO JUDICIÁRIO: PROMOTOR DE MATO GROSSO DÁ SHOW DE ARROGÂNCIA E PREPOTÊNCIA CONTRA POLICIAL MILITAR

O promotor de Justiça Fábio Camilo da Silva, da Promotoria de Justiça de Guarantã do Norte. Protagonizou uma cena digna de total repúdio contra a Polícia Militar, que registrou ocorrência

Destaques 0 Comentários

MEC libera recursos para educação em tempo integral

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a transferência de recursos para estados implementarem a educação em tempo integral no ensino médio. Ao todo, serão liberados R$ 99 milhões distribuídos entre