Claudio Ferreira: Aplicarei a “Lei De Liberdade Econômica” em Rondonópolis.

Claudio Ferreira: Aplicarei a “Lei De Liberdade Econômica” em Rondonópolis.

O candidato a prefeito de Rondonópolis, Cláudio Ferreira (DC), garante irá aplicar a lei federal N° 13.874, caso seja eleito. A lei de Liberdade Econômica estabelece normas, de proteção à livre iniciativa e ao livre exercício de atividade econômica e dispõem sobre a atuação do Estado como agente regulador.

Segundo informações do Sebrae, em dez anos a produção gerada pelos pequenos negócios saltaram de R$144 bilhões para R$ 599 bilhões de reais.

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), apresentou Rondonópolis na sétima colocação em relação ao número de empregos gerados durante os últimos 12 meses, isso referente a 2019 para cidades acima de 30 mil habitantes. Ficando atrás de cidades como, Sorriso, Barra do Garças, Sinop e Primavera do Leste.

“Não ter um emprego ou um negócio que lhe traga o sustento é umas coisas mais indignas que existe. Político não gera emprego, só desemprego e cabide de emprego, somente a cooperação entre colaboradores e empreendedores, pode gerar emprego, cabeleireiros, pequenos mercados, oficinas mecânicas, manicures, lanchonetes e mais de 280 atividades, não vão mais precisar de alvará de funcionamento, isso vale para quem já tem ou quer abrir um negócio”, afirmou o candidato.

Redação

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

ABSURDO: PROFESSOR DIZ AS CRIANÇAS QUE BOLSONARO MANDOU MATAR MARIELLE

O deputado estadual André Fernandes (PSL-CE), usou o Twitter e compartilhou um vídeo um professor identificado como Cristiano, da escola Waldemar Barroso, faz graves acusações contra o presidente Jair Bolsonaro

Notícias

DIREITA| LEVY FIDELIX E MOURÃO APROVAM O NOME DE BONOTO

O Presidente do PRTB Levy Fidelix, foi o primeiro a parabenizar a escolha do nome do Coronel Vanderlei Bonoto como pré-candidato para disputar a prefeitura de Rondonópolis nas eleições de

Destaques 0 Comentários

Caixa e BB não estão no radar das privatizações, diz Bolsonaro

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse hoje (29) que a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil não estão no radar das privatizações do próximo governo. “Qualquer privatização tem