REPRODUÇÃO CASO SAMUEL:  VEÍCULO PRETO SUSPEITO RONDOU PELO BAIRRO ANTES  DO DESAPARECIMENTO

CASO SAMUEL: VEÍCULO PRETO SUSPEITO RONDOU PELO BAIRRO ANTES DO DESAPARECIMENTO

Uma declaração importante foi feita por José Rissi Gobeti,67 anos que é vizinho do garoto Samuel Victor da Silva Gomes Carvalho, que desapareceu a quase um mês (20 de outubro) no bairro Jardim Iguaçu em Rondonópolis- MT.

Em entrevista ao jornal A Tribuna, o Sr . José Rissi Gobeti, disse que existe a suspeita do envolvimento de um veículo da cor preta, tipo SUV, da marca Mitsubishi, no desaparecimento do garoto. Segundo ele o veículo teria rondado a vizinhança à procura da casa do menino um dia antes do seu desaparecimento.

Morando a quase 50 anos próximo da casa onde Samuel residia a testemunha disse que o menino costumava ir até sua residência brincar com seus cachorros.

Segundo José no sábado (19 de outubro) um homem de barba dentro de um veículo SUV da marca Mitsubishi, de cor preta, foi visto por ele rondando a casa de Samuel e teria perguntando pela sua avó.

José Rissi Gobeti, vizinho -Foto: Denilson Paredes

 “Ele veio lá de cima e ficou ali onde o guri estava sentado (apontando para um ponto da esquina de sua casa). Ele encostou para falar com ele e logo em seguida saiu, mas antes deu uma ré até a frente da casa dele. Depois, desceu aqui e voltou. Aí que eu desconfiei de alguma coisa, mas não pensei em bater uma foto com o celular na hora. Eu não pensava nisso (desaparecimento do menino)”.

 “Depois disso, eu pedi para minha mulher avisar a dona Neide (como é conhecida na vizinhança a avó do menino, (Lucineide Pinto da Silva Blass), que está perigoso eles sequestrarem o Samuel. Mas aí ela disse que era uma mulher querendo saber da sua filha, a mãe do Samuel. Mas na hora que olhei não vi nenhuma mulher dentro do carro e não era ninguém conhecido. Quando passou aqui, o carro estava com o vidro aberto e eu vi só um homem com a barba cerrada, curta, mas não tinha mulher nenhuma dentro do carro. Não que eu tenha visto”.

“O homem deveria ter entre 35 e 40 anos e tinha barba toda preta. “Eu já falei com o investigador (da Polícia Judiciária Civil) que a única pista mais certa é essa aí”. Disse o vizinho.

Entenda como ocorreu o Desaparecimento de Samuel

Samuel Victor -DESAPARECIDO

Samuel desapareceu na tarde de domingo, no dia 20 de outubro. Segundo a avó, o neto estaria no quarto pois ele pediu arroz-doce a ela e, enquanto ela preparava a sobremesa. Quando ela foi até o cômodo, ele não estava lá. Ela notou o desaparecimento do neto por volta de 14h.

Lucineide contou que o neto tem hiperatividade, e que é possível que ele pulou o portão da residência quando ninguém estava olhando e se perdeu pelas ruas do bairro.

A mãe dele, Anelice da Silva, de 23 anos, supõe que o menino tenha pulado o muro para brincar na rua. Segundo ela, o filho costumava sair para rua e brincar com outras crianças, mas, no domingo, Samuel estava de castigo e, por essa razão, o portão da casa estava trancado.

Na época, um boletim de ocorrência foi registrado pela a avó. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada da Criança e Adolescente de Rondonópolis, e até o momento continua um mistério.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Sagrada Família|Fábio Cardozo acompanha lançamento da drenagem e pavimentação

O vereador Fábio Cardozo (MDB), participou ontem (20), do lançamento de drenagem e pavimentação asfáltica do bairro Sagrada Família e mais quatro bairros que serão contemplados com melhorias oriundas de

Política 0 Comentários

SENHOR IMPEACHMENT : ADVOGADO QUER CASSAÇÃO DO PREFEITO DE RONDONÓPOLIS E DO GOVERNADOR MT

O pedido de impeachment que foi protocolado na sexta-feira (26) na Assembleia Legislativa contra o governador Pedro Taques (PSDB), e que tem por base o caso dos grampos ilegais, é

Notícias 0 Comentários

PREFEITO SE ENCONTRA COM CATADORES DE LIXO E DEFINEM FORMALIZAÇÃO DA COOPERATIVA

Em mais uma etapa dos esforços conjuntos para realizar a transição dos catadores de lixo que atualmente, trabalham no lixão para o aterro sanitário, o prefeito José Carlos do Pátio,

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta