CÁRMEM LÚCIA E A POLÊMICA DOS SUPERSALÁRIOS DA JUSTIÇA NO MT

CÁRMEM LÚCIA E A POLÊMICA DOS SUPERSALÁRIOS DA JUSTIÇA NO MT

Após a polêmica provocada com os altos valores pagos a juízes de Mato Grosso. Quando o juiz Mirko Vincenzo Giannotte, titular da 6.ª Vara de Sinop (MT), recebeu em julho R$ 503.928,79. Mais de meio milhão de reais, e após declarações do magistrado como de que ‘não está nem aí’ com a polêmica em torno de seu contracheque e que o pagamento ‘é justo, dentro da lei’.

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), determinou que até dezembro o vencimento de magistrados brasileiros esteja disponível no site do conselho.

Cármen prometeu que eventuais abusos serão apurados pela Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do CNJ que atua na elaboração de estratégias para tornar a prestação jurisdicional mais eficiente.

 

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Política 0 Comentários

RONDONOPOLITANOS EMBARCAM PARA POSSE DE BOLSONARO

Para um grupo de apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro em Rondonópolis, a virada do ano será diferente e especial. Eles embarcam neste domingo 30 de dezembro rumo a Brasília,

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

RONDONÓPOLIS TERÁ ATO “ELE SIM” NESTE DOMINGO

Acontece neste domingo (30) em Rondonópolis, um ato a favor do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) organizado pelo comitê prol  Bolsonaro local, através das redes sociais e lideradas por

Polícia 0 Comentários

Polícia Civil desarticula grupo de roubo de defensivos recupera carga e bando ameaça invadir delegacia

Uma carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 1,2 milhão foi recuperada em ação realizada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (08.10),