CANDIDATURA LULA É UMA AFRONTA A LEI E A ORDEM NO BRASIL

CANDIDATURA LULA É UMA AFRONTA A LEI E A ORDEM NO BRASIL

Após a condenação de o ex-presidente Lula ser referendada na segunda instância, no TRF4 em Porto Alegre. A resposta petista à condenação foi de lançar sua candidatura ao Planalto.

“Eu espero que essa candidatura não dependa do Lula”, disse referindo-se a si na terceira pessoa. A militância está convocada. E Lula foi além.

“Este cidadão simpático que está falando para vocês não tem nenhuma razão para respeitar a decisão de ontem.”

O discurso oficial é de ignorar a Justiça. “Aqui vai um recado para dona Polícia Federal e para o Poder Judiciário: não pensem que vocês mandam no país”, acirrou o líder do MST João Pedro Stédile.

O senador Lindbergh Farias foi além. “Só temos um caminho, que são as ruas, as mobilizações, rebelião cidadã, desobediência civil”.

O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal do DF, determinou que o ex-presidente entregue seu passaporte.

E o advogado de Lula se prontificou de presto a obedecer a ordem. Nada a ver com a condenação pelo TRF-4. Foi um pedido do Ministério Público por conta de processo que investiga tráfico de influência na compra, pela FAB, de caças suecos. Lula deveria ter viajado esta madrugada para a Etiópia. Tinha uma reunião da FAO.

O PT deve procurar os outros presidenciáveis da esquerda para reafirmar o pacto: Ciro Gomes(PDT), Manoela D’Ávila (PCdoB), Boulos pelo PSOL e até Aldo Rebelo (PSB) se comprometeriam a defender Lula publicamente, mantendo o discurso de que não há provas. Uma debandada pós-condenação definitiva complicaria o jogo. E preocupa o comando. Em troca, quem chegar ao segundo turno leva o apoio dos outros.

Redação com Canal do Meio

Sobre o Autor

Talvez você também goste

EQUIPE DE TRANSIÇÃO COMEÇA A TRABALHAR NA TERÇA-FEIRA

Jair Bolsonaro desembarca com sua equipe em Brasília, na terça-feira 30, para iniciar as conversas para a transição do governo. ele terá um novo esquema de segurança O número de

Destaques 0 Comentários

Presos terão que pagar por tornozeleira eletrônica

A Lei 10.935, idealizada pelo deputado estadual João Batista (Pros), que dispõe sobre a obrigatoriedade do preso pagar pela tornozeleira eletrônica e a manutenção do equipamento foi sancionada pelo governador Mauro

Política 0 Comentários

RODRIGO DA ZAELI O PRESIDENTE DA CÂMARA QUE DEVOLVEU R$ 4,4 MILHÕES À PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS

A Câmara Municipal de Rondonópolis devolveu R$ 4.441.138,88 aos cofres da prefeitura, cerca de 17% da verba economizada e que devem retornar em investimentos para a saúde, educação e infraestrutura.

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta