Brasil vai fabricar respiradores em larga escala para COVID-19

Brasil vai fabricar respiradores em larga escala para COVID-19

O Ministério da Saúde assinou na noite de ontem o primeiro acordo com um fabricante nacional de respiradores hospitalares desde que a pandemia de coronavírus atingiu o país. Numa força conjunta, a Magnamed, responsável pelo projeto, utilizará a capacidade de produção em larga escala da Flextronics, montadora internacional que normalmente atende o mercado de telecomunicações e tecnologia, para entregar 6.500 aparelhos até agosto, com expectativa de 2.000 unidades no primeiro mês.

A falta de equipamentos é tida como uma preocupação central do governo federal diante dos recorrentes problemas com a importação de insumos da China. “As compras, praticamente todas elas, não estão se confirmando”, afirmou o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta hoje em entrevista coletiva.

Redação com UOL

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Equipe de transição define 15 áreas da economia com prioridade

A organização do governo de transição conta com a participação de integrantes das equipes do presidente Michel Temer e de seu sucessor, Jair Bolsonaro. Para organizar as atividades na economia,

Notícias 0 Comentários

POR QUE A OPERADORA VIVO NÃO É PUNIDA POR DESRESPEITAR AS LEIS EM RONDONÓPOLIS

A empresa campeã de reclamações, por não agilizar a solução de problemas de consumo por meio dos Serviços de Atendimento ao Consumidor (SACs), também tem reclamações em suas lojas físicas.

UM GÊNIO NA ÁREA ECONÔMICA

O ministro da Economia, Paulo Guedes, lançou uma ideia em Dallas. “Vamos procurar fazer uma fusão entre o Banco do Brasil e o Bank of America. São bancos bons para