Bolsonaro confirma 36 vetos à Lei de Abuso de Autoridade

Bolsonaro confirma 36 vetos à Lei de Abuso de Autoridade

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) confirmou nesta 5ª feira (5.set.2019), em evento no Palácio do Planalto, que apresentará 36 vetos à Lei do abuso de autoridadeaprovada em 14 de agosto pelo Congresso Nacional. O Drive apurou que o Planalto dividiu o texto em “itens”: cada artigo, parágrafo, inciso ou alínea é 1 “item”. Serão vetados 36 itens. A lei tem 108 itens.

“Hoje apresentarei os vetos do abuso de autoridade. O espírito do projeto será mantido, mas 36 emendas serão apresentadas. Nós queremos combater o abuso de autoridade, mas não podemos botar 1 remédio excessivamente forte de modo que venha a matar o paciente”, disse Bolsonaro no lançamento do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares.

Ele não detalhou quais pontos serão vetados. Em outras ocasiões, porém, já antecipou que, entre as mudanças, está o trecho sobre o uso de algemas quando o preso não oferece resistência. O Congresso Nacional pode manter ou derrubar os vetos.

O presidente voltou a reclamar de “perseguição” do Poder Judiciário e do Ministério Público, mas disse querer que “eles possam trabalhar e combater a corrupção”. Afirmou ainda que os vetos foram propostos pelo seu “centrão”: Sergio Moro (Justiça), Wagner Rosário (CGU), André Mendonça (AGU) e Jorge Oliveira (Secretaria Geral da Presidência).

“Não estou afrontando o Parlamento, nem querendo fazer média com a população, nem ceder ao clamor por parte de muitos populares de vetar tudo. Não sou radical, mas devemos construir algo que possa, sim, fazer o Brasil ser diferente na frente”, continuou.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Brasil

EXCLUSIVO: VÍDEO DO CASO “CAFETEIRA DA DISCÓRDIA” DO PONTO FRIO

O cliente Antônio Martello Junior, que adquiriu uma cafeteira elétrica na loja Ponto Frio de Rondonópolis- MT e que acabou na delegacia de polícia por conta da empresa em um

Brasil

SILVIO FÁVERO REBATE SUPOSTA INDICAÇÃO DE ‘VAMPIRO DO DETRAN’ EM SEU GABINETE

A polêmica envolvendo a suposta nomeação do ex-deputado estadual Mauro Savi (DEM) e posteriormente o nome de Dalton Luiz Santos Vasconcelos ex-assessor de Savi para o gabinete do recém-chegado deputado

Brasil

Polícia Civil apreende dois menores envolvidos no roubo ao Posto Vale da Serra

A Polícia Judiciária Civil de Barra do Garças/MT, por intermédio de investigações da 2DP e da DEA, conseguiu identificar e apreender os outros dois indivíduos envolvidos no roubo ao Posto